Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

2021, 90 anos da inauguração do Cristo Redentor

Por Reinaldo Percinoto Jr.
 
Nesta terça-feira, dia 12 de outubro, celebrou-se os 90 anos de inauguração do monumento do Cristo Redentor, que começou a ser construído em 1926 e foi inaugurado cinco anos depois, em 1931.
Eleito uma das cinco maravilhas do mundo moderno, e um dos principais cartões postais do Brasil, o monumento possui 38 metros de altura e foi construído em concreto armado e pedra sabão. A obra foi liderada pelo arquiteto e engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa, que contou com a parceria do engenheiro francês Alberto Caquot, que cuidou dos cálculos estruturais, e do escultor franco-polonês Paul Landowski, responsável pela construção da estátua (moldes em gesso, em tamanho real, foram enviados ao Brasil em partes numeradas). 
As comemorações pelo aniversário, que ocorrem durante toda a semana, contarão com vários eventos culturais e celebrações religiosas católicas. Começando já no dia 12, haverá o lançamento da “Medalha Comemorativa dos 90 Anos do Cristo Redentor” e do “Bloco Postal Especial em Homenagem ao Monumento do Cristo Redentor”, e uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira, que sobrevoará o monumento.
Também entre os dias 12 e 16 de outubro, durante todo o dia, a Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro promoverá uma festa sustentável com diversas atividades, como serviços de saúde preventiva e de higiene pessoal, além de curso e encaminhamento profissional.

A maior parte dos evangélicos hoje não deve conhecer a forte rejeição que tiveram os protestantes da época assim que foi decidida a construção do monumento. Eles entendiam que o monumento significava a quebra ostensiva do segundo mandamento -  “Não farás para ti imagem de escultura […]. Não as adorarás, nem lhes darás culto” (Êx 20.4-6) -, referindo-se a ele como “ídolo do Corcovado”. Além da chamada idolatria, havia outras objeções. A maior delas era o temor de ser burlado o princípio da separação entre Igreja e Estado, estabelecido no Decreto sobre a Liberdade de Culto (nº 119-A) e na Constituição de 1891. Os protestantes eram terminantemente contrários à subvenção do Estado à construção do monumento. Leia mais sobre esta história em artigo do pastor Elben César aqui.
 

Leia mais:
Reinaldo Percinoto Jr. mora em Viçosa, MG, com sua esposa Maira e seus dois filhos, João Marcos e Daniel.
  • Textos publicados: 30 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.