Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Faço tudo certo, então por que dá tudo errado na minha vida?

Há momentos em nossa vida nos quais nos questionamos: eu vou à igreja, pago minhas contas, não falo mal de ninguém, procuro ser uma boa pessoa, enfim, "faço tudo certo", então por que sempre "dá tudo errado" na minha vida? Eu, infelizmente, não tenho uma resposta pronta para lhe dar, mas posso sugerir algumas "pistas"...

1. Em primeiro lugar, abandone o radicalismo.

Por exemplo: você tem certeza que faz "TUDO" certo mesmo? Provavelmente não, pois todos nós deixamos algo a desejar. Portanto, olhe com honestidade para dentro de si mesmo e veja se não há lá algum "pecadinho de estimação" com o qual você já está tão acostumado que nem chama mais de pecado, chama de "traço de personalidade"...

Por outro lado, será que "TUDO" realmente está dando errado em sua vida? Será que não é você que simplesmente não está conseguindo enxergar uma série de coisas que estão dando certo sim, mas que você prefere ignorá-las apenas porque não são aquelas que você preferia que dessem certo neste exato momento?

2. Em segundo lugar, aprenda a ser mais agradecido.

A gratidão torna a nossa vida mais leve, pois o nosso olhar passa a ser um olhar mais positivo para tudo ao nosso redor. Os ingratos estão sempre descontentes, pois "o olho deles é mau" (Mateus 20:15) continuamente, ou seja, só veem o lado negativo das coisas. Comece a agradecer mais pelo que Deus já lhe deu em vez de reclamar pelo que ainda não recebeu.

3. Em terceiro lugar, seja resignado.

"Resignação" é uma palavra fora de moda, e talvez esta seja a principal causa de haver tanto estresse e tanta ansiedade e frustração no mundo. Resignar-se é, basicamente, aceitar que "basta a cada dia o seu mal" (Mateus 6:34). Se você hoje não tem o que deseja, aceite isto sem sofrimento e batalhe para amanhã adquirir.

4. Reveja seus objetivos.

Até aqui nós abandonamos o radicalismo do "faço tudo certo, dá tudo errado", aprendemos a ser mais gratos pelo que já temos e vimos a importância de não sofrermos pelo que ainda não temos. Agora, basta analisarmos se estamos desejando corretamente.

Para lhe ajudar nisso, pense: por que você quer o que você quer? O que é que ter aquilo que você deseja mudará na sua vida? Você vai se tornar uma pessoa melhor se conquistar o que almeja? Você está perseguindo os seus próprios sonhos ou está correndo atrás dos sonhos que alguém disse que você deveria realizar?

Enfim, eu espero sinceramente que estas palavras ajudem você a dirigir um olhar menos radical e mais grato, sereno e consciente para a vida. Nenhum de nós faz tudo certo o tempo todo, assim como todos nós temos muitas coisas que dão certo a toda hora. Se a gratidão a Deus for o nosso chão, e buscarmos primeiramente o Reino de Deus e a sua justiça, é garantido que TUDO (agora sem exagero algum) que precisarmos Deus proverá (Mateus 6:33) e as coisas darão certo em nossas vidas, sempre de acordo com a santa, perfeita e agradável vontade d"Ele.

Isaías Medeiros
https://www.facebook.com/blogluzparaomeucaminho/
Florianópolis - SC
Textos publicados: 29 [ver]
Site: http://www.facebook.com/blogdoisaias

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.