Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — --

Arte para todos

Arte que gera mais
Por Laise S. Ribeiro

Entre os projetos realizados pela organização Missão em Apoio à Igreja Sofredora (MAIS), no Oriente Médio, destaca-se o “Gera Mais”, que promove a integração das mulheres em situação de refúgio, vindas principalmente do Iraque e da Síria, que não podem trabalhar no país que as acolhe. Atualmente, o projeto é administrado pelo casal César e Jéssica, líderes do projeto “Faz e Transforma”.

O “Gera Mais” oferece capacitação, produção e geração de renda a partir de aulas de costura, bordado, maquiagem e inglês. Além de ser uma fonte de renda para as mulheres, a arte ajuda na recuperação da autoestima, pois elas têm a oportunidade de superar os traumas devido à perseguição do Estado Islâmico, por meio de relacionamentos no projeto e do aprendizado de uma profissão de maneira lúdica.

A arte tem sido importante aliada para reintegração e inclusão social, visto que, além da dificuldade com a nova cultura, idioma e costumes, as mulheres chegam ao país em situação de pobreza, emocionalmente abaladas e com pouca perspectiva de se reestruturarem. O objetivo do projeto é que essas mulheres aprendam uma profissão e possam exercê-la em qualquer outro país onde morem, e recuperem a autoestima enquanto esperam a definição do seu futuro.

O projeto atende cerca de trinta mulheres, sírias e iraquianas, que dividem histórias e aprendizados. A professora do projeto é uma síria refugiada que ensina lindos bordados.

A partir da cosmovisão cristã, buscamos manifestar, por meio de uma realização prática, o amor que Jesus ensinou, pois as mulheres não perdem seus direitos inerentes à dignidade em razão de estarem fora do país de origem, como refugiadas.

Por meio de relacionamentos proporcionados pela arte, mostramos compaixão, que não é mero sentimentalismo, mas uma virtude orientada pelos relacionamentos em busca de transformação. Amar é andar junto tempo suficiente para que o outro seja a melhor pessoa possível.

• Laise S. Ribeiro é advogada, membro da Comissão de Liberdade Religiosa da OAB do Paraná e mora no Oriente Médio, onde desenvolve trabalho humanitário em favor de refugiados.

Leia mais
Versão ampliada do artigo “Arte que gera mais”

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.