Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — --

Pintura com Aquarela

Água, caminhos e liberdade
A água transforma toda forma,
pigmentos se fundem, resultando
em novas cores, caleidoscópios
assimétricos surgem em harmonia
por onde percorre o líquido da vida!
O papel com gramatura especial o recebe
em sua textura.
A água em cores que se espalha sem
direção e sem controle... A mão, os olhos,
os sentimentos conduzem a formas,
mas não há controle total. Pois a água é livre
e passeia por onde bem entende.
Não há como existir retas perfeitas quando
a água domina, o resultado é livre e belo!
E aí que está toda a beleza da aquarela,
nos sentimentos, não na dureza das formas!

Assim é na aquarela, assim
acontece na vida, a arte como
representação da vida.
Não controlamos a vida numa linha reta.
Não existe caminho estável, pois somos movidos
pela Água viva, e isso nos permite viver em liberdade.

A aquarela

• Anderson Goes Monteiro é designer e artista plástico.

Leia mais
Na arte, tudo pode ser novo

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.