Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Colunas — Meio Ambiente e Fé Cristã

Transformando resíduo orgânico em adubo

Raquel Arouca

 

Agostinha e Cipriano Pereira lideram juntos a Comunidade Batista Nacional Kerigma, em São Luís, MA. Agostinha é bióloga e atua como pesquisadora em um centro de pesquisas. Cipriano é pastor e diretor pedagógico de um seminário teológico. Além da igreja local, juntos coordenam o Instituto Social e Cultural Kerigma, ONG que promove ações educativas, sociais, esportivas, ambientais, artísticas e de saúde.

A questão socioambiental sempre foi uma preocupação para eles, que, motivados pela parceria com a Rede de Transformação d’A Rocha Brasil, têm realizado ações de educação ambiental.

A igreja liderada pelo casal tem sido sensibilizada e mobilizada para a questão dos resíduos sólidos,1 da substituição do copo descartável pelo durável e da coleta seletiva.

Com o apoio de Agostinha, Cipriano tem também sensibilizado pastores e alunos do Seminário Teológico Batista Nacional (SETEBAN), de São Luís, para o cuidado ambiental. Em 2014, o casal iniciou um projeto de compostagem dos resíduos orgânicos domésticos para a produção de adubo nas comunidades Cidade Nova e Gapara.

O projeto realizou diversas atividades, incluindo oficinas de sensibilização para a conservação do meio ambiente e a vida saudável, oficinas sobre resíduos sólidos, treinamento para montagem e manejo de composteira doméstica, visitas de campo à Central de Abastecimento de Alimentos (CEASA) e à horta comunitária do Programa de Agricultura Familiar da cidade.

Todo o adubo doméstico produzido pelo projeto de compostagem (mais de 50 quilos na produção inicial) foi utilizado pelos próprios participantes em seus quintais. Três composteiras comunitárias de 200 litros cada foram montadas, 25 pessoas foram capacitadas em cada oficina e dois viveiros de hortaliças foram iniciados, contribuindo para a nutrição e saúde dos participantes.

“Elaborar o projeto foi um trabalho gratificante, pois tivemos a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos teóricos aprendidos ao longo dos anos de caminhada com A Rocha Brasil. Como não devemos andar só, construímos parcerias com profissionais voluntários”, comenta Agostinha. Motivados pela produção exitosa de adubo, eles também deram início à segunda fase do projeto -- a construção de hortas comunitárias nos bairros.

Participe você também de processos de transformação como esse, em obediência à Palavra de Deus (Gn 2.15) e para a restauração do relacionamento com a criação, o primeiro dos relacionamentos comissionados por Deus ao ser humano (Gn 1.26).

 

Nota

1. “Resíduo sólido” é um termo técnico usado para denominar todos os tipos de “lixos” sólidos e semissólidos provenientes de residências, indústrias, hospitais, comércio, construção civil, serviços de limpeza urbana e agricultura. Exemplos de resíduos sólidos domésticos: restos de comida, lixo de banheiro, materiais recicláveis (papel, vidro, metal e plástico), lixo eletrônico, folhas e galhos de árvores.

 

Raquel Arouca é coordenadora de projetos d’A Rocha Brasil, organização cristã ambientalista que acaba de completar o seu décimo aniversário e que tem como vocação a educação ambiental, o trabalho com comunidades e a conservação.

ultimato.com.br/sites/arocha/

 

 

LEIA MAIS
Rede Transformação -- experiências e vivências no Norte e Nordeste brasileiro

 

goo.gl/eAMfs9

 


Transformando vidas

goo.gl/u0cWSv

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.