Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Carta ao Leitor

O impossível Isaías

A impressão que se tem é que são dois oradores e duas audiências. O primeiro faz um discurso duro durante toda a vida; o segundo, um discurso ameno durante toda a vida. O que fala na frente chama os seus ouvintes de gente surda, gente cega, gente burra (nada entende, nada aprende), gente desatenciosa, gente obcecada. O que fala antes tem outro tom de voz, outras palavras, outra maneira de se comunicar. Ele se inclina para os ouvintes e fala ao seu coração. Acaba com o medo deles e promete estar com eles quando tiverem de atravessar águas profundas e passar pelo meio do fogo. Declara o seu amor por eles e afirma que todos têm muito valor e merecem muita honra.

Mas, na verdade, as duas pregações estão na mesma peça, na mesma página, no mesmo vídeo. O auditório é o mesmo: o povo judeu na época dos reis Jotão, Acaz e Ezequias (de 759 a 699 a.C.). E o pregador é o mesmo: o profeta Isaías. A primeira pregação está no final do capítulo 42 e a segunda, no início do capítulo 43.

Essas mensagens diferentes para os mesmos ouvintes são frequentes no livro que leva o nome do pregador, como o leitor poderá ver em O “que beleza!” em Isaías (na página 24) e em “O “que horror!” em Isaías” (na página seguinte). A mensagem -- que não é de Isaías, mas de Deus -- é tremendamente atual.

A respeito do pedido de perdão do papa aos protestantes e outros cristãos, publicamos uma carta aberta redigida pelo pastor Key Yuasa, a nosso pedido.

Nas páginas centrais desta edição você encontra o cartaz convocando para o “21º Mutirão Mundial de Oração por Crianças e Adolescentes Socialmente Vulneráveis”. Convidamos você, seus familiares e a igreja na qual congrega a se unir em oração a cristãos do Brasil e de outras partes do mundo, de 3 a 5 de junho de 2016. A Equipe Ultimato participa desse mutirão há dezesseis anos: incluímos os temas de oração durante toda a semana e na sexta oramos exclusivamente por isso.

A oração de intercessão por aqueles que são mais vulneráveis é sempre respondida por Deus. Neste dia oramos para que sua vontade seja feita na vida dos pequeninos, e “quando pedimos que seu nome seja santificado, que o seu reino venha [...] estamos esmagando inúmeros demônios e envolvendo o mundo todo em uma única oração” (Lutero, Somente a Fé, p. 31).

 

Boa leitura!

 

Elben e Klênia

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.