Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — --

Pastor e professor perdoa pai e mãe

Por que o psicanalista clínico, teólogo e professor universitário Gregg Ferreira é um defensor entusiasta da adoção de crianças? Ele mesmo explica: “Quando eu nasci, minha mãe tinha apenas 13 anos. Meu pai, ao tomar conhecimento de que minha mãe estava grávida, não assumiu a paternidade, na suposição de que aquela criança gerada no ventre de minha mãe era de outra pessoa. Ele simplesmente fugiu. A partir daí, minha mãe passou a tomar todo tipo de remédio abortivo. Os médicos chegaram a dizer que, se eu nascesse, seria um milagre, mas certamente eu nasceria com sérios problemas. Sofri rejeição desde o ventre de minha mãe. Nasci de um parto muito complicado. Porém, de forma milagrosa, cheguei a este mundo sem sequelas, para honra e glória de Deus. Fui adotado pelo mesmo casal que adotou minha mãe biológica. Cresci cercado de amor e afeto. Nunca faltaram carinho, compreensão, proteção e zelo. Só conheci o meu pai aos 27 anos. Eu já era convertido e não me foi difícil perdoá-lo. Ele, nessa época, também já era convertido e tinha se tornado pastor e me pediu desculpas por ter me abandonado. Nós nos tornamos grandes amigos. Quanto à minha mãe, ganhamos ela para Jesus. Também a perdoei e amei com todas as minhas forças”.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.