Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Vamos Ler!

Vamos ler!

Ultimato pediu a apreciadores do gênero para indicarem livros de poesias para esta seção. A poesia tem um papel que ultrapassa o campo da lógica cartesiana. Ela integra mente e sentimento de um jeito bonito e inspirador. Aproveite!

 

 

Frágua

Airô Barros

92 páginas

Scortecci

2008

Não só de música vive a cantora e compositora Airô Barros, mas também de poesia – e da melhor qualidade. É o que mostra seu livro “Frágua”, palavra que remete à noção de forja, fornalha, e que na poética de Airô se define como “o esculpir de uma pedra, o moldar de um metal, as altas e baixas temperaturas vividas”. Identificando-se com “Frágua”, a poetisa desnuda sua alma em poesia, sem medo de confundir-se com o eu-lírico em suas emoções mais intensas.

Por Eleazar Araújo (Zazo)

 






 



Diário da Montanha

Roseana Murray

88 páginas

Manati

2012

Ao longo das últimas décadas, os poemas de Roseana Murray encantam leitores de todas as idades, em publicações para crianças e jovens. “Diário da Montanha” mantém o mesmo encanto. Trata-se de um “diário”, o registro de momentos vividos e sonhados no silêncio da solitude de uma casa de montanha, onde os segredos da vida e da natureza se abrem a poeta e leitores, em forma de versos livres que prescindem de ilustrações, mas nem por isso deixam de provocar imagens, sons e cores a quem lê. O projeto gráfico sugere as características físicas do gênero textual apontado no título: capa dura, cores sóbrias, sem frieza, registros poéticos datados, respeitando uma lógica temporal. Abrindo e fechando as folhas internas do livro estão páginas que sugerem imagens de folhas de uma árvore que vão permanentemente brotar.

Sem dúvida, um convite ao jovem leitor a entrar no mundo silencioso onde a poesia descansa e alcança sensibilidade plena de significados.

Por Silvana Pinheiro

 

 

Os Simples

Abílio Manuel Guerra Junqueiro

132 páginas

Ulisseia

2000

Guerra Junqueiro, escritor, jornalista e poeta português do século 19 (1850-1923) coloca na ponta da pena sua relação com Deus, a sociedade e sua alma. O que chama atenção na poesia dele são sua sensibilidade e sinceridade: a religião dos simples, o pão do pobre, a vida diária, o céu que esperamos e as perguntas que ainda fazemos e as respostas que nem sempre encontramos. Quem ler, verá!

Por Tábata Mori

 











 

Os Cem Melhores Poemas Brasileiros do Século

Ítalo Moriconi (org.)

350 páginas

Objetiva

2001

O livro é uma coleção de poemas escritos, lidos, estudados, memorizados, declamados e aclamados no Brasil, no século 20. Selecionados pelo professor Ítalo Moriconi a partir de critérios como expressão, beleza, sensibilidade e essencialidade (capacidade de um poema ser exemplo dentro de seu gênero específico – filosófico, sentimental, cômico, descritivo, metafórico, popular, erudito, simples, complexo), oferecem ao leitor uma mostra do melhor da poesia e de poetas brasileiros.

Por Ariane Gomes

 







 


Lendo os Salmos

C. S. Lewis

176 páginas

Ultimato

2015

Com a palavra, o próprio Lewis, ao apresentar seu livro: “Esta não é o que se poderia chamar uma obra ‘apologética’. Em nenhum momento tento convencer não cristãos de que o cristianismo é verdadeiro. Estou me dirigindo a pessoas que já creem no cristianismo ou a todos os que estão preparados para, durante a leitura, ‘abdicar de sua incredulidade’. Um homem não pode defender a verdade o tempo todo; é preciso que também haja um tempo para que possa alimentar-se dela”.

Por Marcos Bontempo

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.