Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa — Todo Mundo É Tão Humano Quanto Todo Mundo

Nesta matéria:

Todo mundo precisa contar a todo mundo que é tão humano quanto todo mundo

Nós não escondemos de nós que somos tão humanos quanto todo mundo na pecaminosidade latente, nas fraquezas, nas tentações, nas quedas, nas rebeliões, na arrogância, na sede de glória, nas reincidências, nas provações, nas dificuldades, nas limitações, nos imprevistos, nas crises de fé e desânimo, na dor, na tristeza e, sobretudo, na necessidade contínua de perdão. Mas é preciso deixar isso bem claro perante o nosso público.

 

Pedro, Paulo e Barnabé tanto sabiam como contavam essa tremenda limitação a todo o mundo. Apesar da glória terrena de ver um oficial romano de alta patente ajoelhado diante dele, o simples Pedro manda Cornélio se levantar e explica: “Sou apenas um homem como você” (At 10.25-26). Em sua passagem por Listra, Paulo cura um aleijado, e o povo, extasiado, entende que o apóstolo e Barnabé são deuses em corpo humano e intenta oferecer a eles um sacrifício de animais. No mesmo instante, os dois missionários interrompem a procissão e clamam: “Amigos, por que vocês estão fazendo isso? Nós somos apenas seres humanos, como vocês. Estamos aqui anunciando o evangelho a vocês para que abandonem essas coisas que não servem para nada” (At 14.15).

 

Até os anjos tomam cuidado para contar aos outros que eles são servos e nada mais. Apesar de sua experiência e idade avançada, o apóstolo João teve de ser repreendido por se ajoelhar aos pés de um dos anjos do Apocalipse. Duas vezes esse anjo disse ao apóstolo: “Não faça isso! Pois eu sou servo de Deus, assim como são você e os seus irmãos que continuam fiéis à verdade revelada por Jesus. Adore a Deus!” (Ap 19.10; 22.9)

 

Outra passagem que deve ser lembrada é a palavra que Eliú profere a Jó: “Para Deus você e eu somos iguais; eu também fui formado do barro” (Jó 33.6).

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.