Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — --

Arte para todos

Thiago Costa

 

Sim, “Arte para todos”!

 

 

É curioso escrever para uma coluna com esse título, já que a expressão “arte para todos” era impressa em panfletos que em parte da minha adolescência distribuí para divulgar uma escola de desenho. Ficava em uma casa simples, onde nos reuníamos para aprender sobre arte. O preço era simbólico, o que atraía a molecada. Quando não estávamos na escola, ficávamos sentados na calçada vendo os mais velhos andar de skate ou procurando algum novo grafite que surgia e imaginando como era feito. Conhecer gente diferente na rua, respeitar as pessoas, aprender a lidar com a vida real foi uma escola para que eu me descobrisse um educador.

 

Nos últimos anos tenho trabalhado como arte-educador de adolescentes que cumprem

medidas socioeducativas, em privação de liberdade. Realizo oficinas de artes visuais.

 

Meu desafio é proporcionar a eles o contato com a cultura, o que é um direito assegurado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). De certa forma, promover um “ateliê livre”, onde dialogamos sobre várias coisas, principalmente a respeito da tensão vivida naquele ambiente de tanta hostilidade, pensar em criar algo já é subversivo. Essa prática, naquele lugar, é, no mínimo, contraditória, pois aguçar os sentidos e construir pontes de diálogo é um trabalho árduo, cansativo, que exige muita paciência, e, ao observar o ambiente opressor ao redor, que nada inspira, é fácil se desesperar! Assim como o cristão deve contrariar este mundo caído, o artista ou o educador deve encarar sua prática de maneira missional.

 

Esses dias trouxeram-me à memória lembranças da infância: uma pintura na parede de uma sala da igreja, uma cena da arca de Noé em uma perspectiva que me intrigava durante a Escola Bíblica Dominical. Lembrei-me também do coral Sarah Kalley; ela era uma artista que procurava pintar não só em telas, mas também em paredes e foi a primeira pessoa a realizar, no Brasil, um culto protestante em nossa língua! Recordar sobre ter crescido nessa tradição faz-me pensar que temos um legado neste país que realça nosso mandato cultural como cristãos! Devemos contar histórias que sinalizem a redenção. Em certo sentido, como cristãos, somos todos artistas e educadores.

Por meio do fazer artístico o vínculo nasce e isso proporciona para aqueles meninos, que já tiveram os direitos violados antes mesmo de chegar ali, a possibilidade de rever suas histórias, ter voz e direito de ser visto, de existir e de entrar em contato com eles mesmos, inclusive com o pecado.

 

• Thiago Costa é arte-educador, mora em São José dos Campos, SP. Nos últimos anos desenvolve oficinas de artes visuais com adolescentes em conflito com a lei.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.