Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Especial — --

Galeria dos dez dependentes que estão limpos e hoje trabalham em comunidades terapêuticas

O conhecido jornalista Ruy Castro, em sua coluna da “Folha de São Paulo” de 24 de fevereiro deste ano, explica que não existe “ex-dependente” da bebida ou da droga. O que existe é o “dependente que se abstém do produto, assim como o diabético que se abstém do açúcar”. Segundo ele, “o menor vacilo leva fatalmente à recaída”.

Uma das grandes surpresas no estudo da recuperação de dependentes químicos é a constatação de que muitos deles, depois de tratamento, começam a trabalhar em comunidades terapêuticas. O quadro abaixo é baseado em uma pequena consulta feita pela redação de Ultimato durante a elaboração desta edição e lista apenas alguns nomes entre muitos de história semelhante.

Nome Idade em que iniciou nas drogas Anos de permanência nas drogas Idade em que abandonou as drogas Idade atual Há quantos anos trabalha na recuperação de outros
Elaine Ribeiro 11 11 22 39 2
Nelson Massambani 11 10 21 51 30
Rogério de Souza 17 10 27 42 5
José Cláudio Pita 12 3 15 42 22
Givanildo Trindade 17 12 29 37 6
Humberto Machado 12 15 27 56 28
Alexandre Magno 11 11 22 48 10
Douglas Vieira 15 14 29 36 7
Nilton Bueno 15 27 42 45 3
João Batista Claro 13 12 25 43 18

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.