Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Carta ao Leitor

A restauração é uma necessidade tanto daquele que desce um degrau como daquele que desce todos os degraus

Digamos que um guarda suíço, com uma enorme lança no braço, ao passar pela Capela Sistina, no Vaticano, arranhe acidentalmente o afresco “A criação de Adão”, do famoso pintor Michelângelo (1475--1564), exatamente no ponto em que a mão de Deus toca a mão do primeiro ser humano.

Digamos que um louco pegue uma marreta e faça em pedaços a escultura “O massacre dos inocentes”, elaborada por Giovanni Pisano no final do século 13.

Digamos que uma pessoa invejosa espalhe do alto uma montanha de mentiras a respeito de alguém que sempre zelou por seu bom nome (aquilo que a mulher de Potifar fez contra José).

Digamos que um ministro religioso de conduta até então impecável faça, a certa altura da vida, uma grande bobagem e suje sua imagem completamente.

O quadro de Michelângelo poderia ser restaurado? A escultura de Giovanni Pisano poderia ser restaurada? O nome da pessoa vítima da inveja poderia ser restaurado? A imagem do ministro religioso poderia ser restaurada?

A restauração é uma necessidade de todo ser humano. Daquele que se afastou do caminho certo apenas dez centímetros e daquele que se afastou por quilômetros e quilômetros. Tanto daquele que desceu apenas um degrau como daquele que desceu todos os degraus. Como todos nós estávamos em Adão quando ele comeu o fruto da árvore proibida, todos precisamos continuamente de restauração.

Quando se fala em restauração, a palavra mais animadora que se pode ouvir sai da boca do homem que pregava no deserto, que vestia uma túnica de pele de camelo e que se alimentava de gafanhotos e mel silvestre. Ele aponta para Jesus e exclama: “Aí está o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29).

É sobre este assunto a matéria de capa desta edição de Ultimato.

Neste link o leitor encontrará uma matéria especial sobre a Consulta sobre a Teologia da Prosperidade, promovida pelo Movimento Lausanne Brasil e a Aliança Evangélica Cristã Brasileira, com o apoio da Editora Ultimato e de outros. Na ocasião também comemorou-se o aniversário de 40 anos de Lausanne 1.

Boa leitura!
Equipe Ultimato

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.