Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa

A coincidência da plenitude da humildade com a restauração

Uma das mais fantásticas restaurações da história bíblica foi a restauração de Manassés, o décimo quinto rei de Judá. Embora filho de Ezequias, aquele que promoveu uma ampla e notável reforma religiosa no país, Manassés fez coisas tremendamente más: construiu novamente os lugares de culto pagão que seu pai havia destruído, edificou altares para o famigerado deus Baal e para a deusa Aserá, prestou culto às estrelas, ofereceu mais de um dos seus próprios filhos em sacrifício aos deuses, praticou a feitiçaria e consultou adivinhos e médiuns. Manassés cometeu a loucura de colocar uma imagem de Aserá no templo construído por Salomão para uso exclusivo da adoração de Deus. Ele levou a nação a cometer pecados piores do que os pecados cometidos pelas outras nações.

Porém, quando o rei passou pela humilhação de ser preso com ganchos e correntes pelo exército assírio, ele apelou para Deus e, “cheio de humildade, se arrependeu diante do Deus dos seus antepassados”. Em seguida, ele reparou tudo o que havia feito de errado: tirou a imagem de Aserá do templo, derrubou os altares que havia construído e jogou tudo fora da cidade. Além disso, consertou o altar dedicado a Deus e levou o povo a voltar atrás e adorar apenas o Senhor (2Cr 33.1-17). Morreu aos 67 anos, depois de reinar desde os 12.

A expressão “cheio de humildade”, que o historiador usa, é muito significativa. É a plenitude da humildade que leva à restauração e à plenitude do Espírito Santo!

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.