Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa

Louvor universal

O autor do Salmo 148 empolga-se tanto com o louvor devido ao Criador que parece perder as estribeiras. Ele tenta fazer uma lista a mais completa possível de adoradores. O salmista embola tudo, mistura todos os louvores, desde os que acontecem nos mais altos céus até os das profundezas do mar. É possível elaborar quatro séries de louvores.
O “louvor angelical”. Louvem o Senhor todos os seus anjos.
 
O “louvor humano”. Louvem o Senhor moços e moças, velhos e crianças, todos os seus servos fiéis, o povo de Israel, todos os povos, reis, governantes e todas as outras autoridades.
 
O “louvor animal”. Louvem o Senhor todos os animais, mansos e selvagens, os que se arrastam pelo chão, os que voam (os passarinhos) e os que nadam (os monstros marinhos).
 
O “louvor inanimado”. Louvem o Senhor o sol e a lua, todas as estrelas brilhantes, os mais altos céus e todas as profundezas do oceano, as águas que estão acima do céu, relâmpagos e chuva de pedras, neve, nuvens, ventos fortes, colinas e montanhas, florestas e árvores frutíferas.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.