Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa

Jesus no “Livro das Coisas Melhores”

A Epístola aos Hebreus, escrita antes da destruição de Jerusalém, no ano 70, é endereçada não a uma igreja ou a uma pessoa, mas “aos hebreus”, cristãos de origem judaica da diáspora.
 
Foi escrita por alguém que conhecia bem o Antigo Testamento, talvez Paulo, Barnabé ou Apolo. Outros nomes cotados seriam Lucas, Priscila, Silas e Epafras.
 
Essa epístola, a terceira maior das 21 epístolas (junto com a de 2 Coríntios), “podia ser chamada o ‘Livro das Coisas Melhores’, visto que as duas palavras gregas traduzidas por ‘melhor’ e ‘superior’ ocorrem quinze vezes na carta”.1 Fala-se em uma melhor aliança, em um melhor santuário e em um melhor sacrifício.
 
O tema é a total supremacia e suficiência de Cristo. O autor tinha em vista dois sérios perigos: o retorno dos hebreus ao judaísmo ou a tentativa deles de judaizarem o evangelho. O capítulo mais conhecido (talvez o único) é o capítulo onze, que enumera os heróis da fé.
Logo no início, no primeiro capítulo, há algumas referências à proeminência de Jesus. A NTLH (Nova Tradução na Linguagem de Hoje) chama-o de Filho por sete vezes.
 
Jesus é o porta-voz de Deus: “Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho” (v. 2).
 
Jesus é o dono de tudo: “Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas” (v. 2 ).
 
Jesus é o criador do universo: “Foi por meio dele que Deus criou o universo” (v. 2).
 
Jesus é o próprio Deus: “O Filho é a perfeita semelhança do próprio Deus” [a expressão exata de seu ser] (v. 3).
 
Jesus é o sustentador de tudo: “Ele sustenta o universo com a sua palavra poderosa” (v. 3).
 
Jesus é o purificador do pecado: “Depois de ter purificado os seres humanos de seus pecados, sentou-se no céu, do lado direito de Deus, o Todo-poderoso” (v. 3).
 
Jesus é superior aos anjos: “Deus fez com que o Filho fosse superior aos anjos e lhe deu um nome que é superior ao nome deles” (v. 4).
 
Jesus é o enviado de Deus: “Quando Deus enviou ao mundo o seu primeiro Filho, ele disse: ‘Que todos os anjos o adorem’” (v. 6).
 
Jesus é o soberano Senhor: “Sente-se do meu lado direito, até que eu ponha os seus inimigos como estrado dos seus pés” (v. 13).
 
Nota
1. Bíblia de Estudo NVI

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.