Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — Números

2.760
dólares foi o valor da multa imposta ao argeliano evangélico Siaghi Krimo por ter oferecido um CD cristão a um vizinho muçulmano, em Oram, a 470 quilômetros de Argel. Além da multa, Krimo foi condenado a cinco anos de prisão

90%
dos habitantes do Sudão do Sul, o país mais pobre do mundo, vive com menos de um dólar por dia

28.500.000
cristãos vivem na Indonésia, o país mais muçulmano do mundo (86% da população). Os católicos constituem 3% da população e os protestantes 6%

570
cristãos foram assassinados em episódios de violência religiosa ou política no Iraque desde 2002

500.000.000
de pessoas professam o ateísmo no mundo hoje (o número pode ser bem maior -- 750 milhões). Se fosse uma religião, seria a quarta maior, logo após o hinduísmo (900 milhões), o islamismo (1,2 bilhão) e o cristianismo (2 bilhões)

2.500.000
páginas da internet em 2010 continham referências a um provável fim do mundo em dezembro de 2012

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.