Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — --

Missões à míngua

O pastor João Marcos Barreto Soares, diretor executivo de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira, está incomodado porque cada membro da denominação ofereceu em média apenas o equivalente a 66 centavos de real por semana para a obra missionária na coleta de 2009. Porém, o valor deve ser bem menor em outras denominações brasileiras.

Um levantamento realizado nos Estados Unidos revela quanto as denominações separam para missões, de cada dólar doado. A Aliança Cristã Missionária é a que reserva mais, 11 centavos de dólar. Segundo uma nova pesquisa da Empty Tomb, Inc., entre 1916 e 1927 cerca de 7,9% das contribuições das igrejas eram destinadas a missões internacionais; hoje esse valor é de 2,1%.

O montante da coleta para evangelização levantado em todas as paróquias católicas do Brasil em 2009 chegou a mais de 2,7 milhões de reais. O montante é muito alto, mas se dividido por 100 milhões de católicos (o número é bem maior), a contribuição “per capita” não chega a 3 centavos de real.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.