Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — --

Dois mil anos depois do batismo de João Batista

Se João Batista fosse pregar o arrependimento às multidões e batizar os convertidos no rio Jordão -- não no tempo de Jesus (ano 30 da era cristã) -- mas nos últimos 40 anos, seus discípulos correriam o risco de morrer ou de ficar mutilados. Por uma única razão: desde 1970 até há poucos meses havia cerca de 40 minas terrestres exatamente no lugar tradicional do batismo de Jesus, perto de Jericó. Outras minas serão localizadas e retiradas para proteger a vida dos turistas, que chegam em número cada vez maior (60 mil em 2010 e 44 mil nos primeiros quatro meses de 2011). Só no ano passado foram retiradas cerca de 8 mil minas no vale do rio Jordão. A situação é tão séria que antigos monastérios estão rodeados de placas com a indicação: “Perigo! Minas!”.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.