Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — -

O inventor do pós-cristianismo

Aqui está uma constatação, de um dos editoriais da “Folha de São Paulo” (22 de julho de 2010), que merece atenção: “A grande maioria dos ocidentais não chegou ao ponto de negar a existência de Deus -- e dificilmente chegará --, mas relegou o sagrado a uma espécie de limbo”.

Para enfrentar o desafio da crescente secularização, os cristãos inventaram a reevangelização (nome mais usado pelos missiólogos protestantes) ou a nova evangelização (nome mais usado no meio católico). Volta-se à estaca zero. É preciso falar outra vez sobre Jesus Cristo com aqueles que foram evangelizados primeiramente pelo apóstolo Paulo e seus companheiros, a partir da Ásia Menor, Grécia e Itália, nos primórdios do cristianismo. O continente europeu, centro de missões mundiais por muitos séculos, agora é o alvo de missões.

Parece que a matéria da “Folha de São Paulo” foi menos alarmante que a carta que o papa enviou aos bispos de todo o mundo em março de 2009. No documento, Bento 16 fala sobre o risco de desaparecimento de Deus no mundo.

A secularização teria começado com o filósofo alemão Friedrich Nietzsche em meados do século 19. O francês Michel Onfray, autor de uma obra sobre Nietzsche, diz que ele é o “inventor do pós-cristianismo [por ter sido] o primeiro a propor um pensamento vivo e concreto para viver e agir em um mundo sem Deus”.

Apesar de Nietzsche (1844-1900) e dos ateus radicais de hoje (Richard Dawkins, Christopher Hitchens, Sam Harris), que dizem que a religião é uma ilusão que precisa ser erradicada, não há muito a temer, porque a Igreja é de Jesus Cristo e nada pode prevalecer contra ela (Mt 16.18). Além do mais, qualquer movimento coletivo ou não, organizado ou não, tem sido e sempre será insignificante para derrubar a fé em Deus e a soberania dele sobre tudo e todos. O Salmo Segundo precisa ser lido mais vezes e com mais atenção!

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.