Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Ação mais do que social

Publicidade para boas obras

Klênia Fassoni

“Tentar melhorar a sociedade não é mundanismo, mas amor. Lavar as mãos diante da sociedade não é amor, mas mundanismo.” Esta frase é citada por John Stott no livro Contracultura Cristã (ABU Editora) no trecho em que ele comenta a necessidade de os cristãos atuarem como “barricadas que impeçam os seres humanos decaídos de se tornarem tão maus quanto possível”, da mesma forma que o sal evita que a carne apodreça, e ao mesmo tempo serem a “luz do mundo para que proclamem a regeneração, a vida nova através do evangelho”. Mais à frente ele destaca que nossas “boas obras devem ser públicas para que a nossa luz brilhe” (Mt 5.16). As notícias a seguir buscam contribuir com este objetivo.

Desde janeiro, todos os estrangeiros que estão desembarcando nos principais aeroportos do Brasil têm recebido com seus passaportes um folheto com os seguintes dizeres, em inglês: “Explore sexualmente uma criança e vá para a cadeia. Aqui ou no seu país”. Esses folhetos e os outdoors, cartazes e painéis colocados nas principais avenidas e aeroportos de várias cidades são parte da campanha da Visão Mundial contra o turismo sexual, que conta com o apoio do Ministério do Turismo e da Secretaria Nacional de Direitos Humanos. De acordo com pesquisa realizada pela Organização Mundial do Turismo, o turismo sexual no Brasil, Tailândia e Filipinas é responsável por dez por cento (100 mil casos) do total de crianças e adolescentes explorados sexualmente. A Visão Mundial é uma ONG com forte identidade cristã, que atua no Brasil há trinta anos (www.visaomundial.org.br).

Em 13 de março de 2006, 25 detentas e 25 funcionárias da Penitenciária Feminina Madre Pelletier iniciaram o curso de nível superior em serviço social. O curso tem a duração de oito semestres e é ministrado na prisão pelo Centro Universitário Instituto Porto Alegre (IPA), vinculado à Igreja Metodista. Foram construídas salas de aula e instalados um laboratório de informática e um biblioteca. As detentas receberão bolsa integral do IPA. É um projeto pioneiro que cria novas perspectivas para essas mulheres.
A Sociedade Bíblica do Brasil (www.sbb.org.br) inaugurou no dia 18 de abril sua nova exposição, cujo tema é “Valores humanitários — raízes bíblicas”, no Museu da Bíblia, em Barueri, SP. A exposição exalta a Bíblia como fonte de valores como igualdade, justiça, paz e solidariedade, e tem como certa a constatação de que as Escrituras influenciaram a sociedade no desenvolvimento desses temas. Vale destacar o vídeo em que textos bíblicos são relacionados aos trinta artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O Museu da Bíblia, com uma área de novecentos metros quadrados, existe desde 2003.

A Missão Nova Esperança, que há cinco anos atua no acompanhamento de adultos, jovens e crianças que convivem com a aids, idealizou o Museu da Aids, em João Pessoa, PB. Ele faz parte da Bibliotecaids, um espaço que reúne recursos bibliográficos e jornalísticos, e outros materiais relacionados à epidemia da aids no Brasil e no mundo. Mesmo sendo uma organização nova, a missão já tem seu trabalho reconhecido pelo Programa de Aids do Ministério da Saúde na Paraíba. Ela é uma das executoras do projeto Geomapeamento da RNP+Brasil (Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e Aids no Brasil — rnpvha.org.br), que visa levantar informações sobre a assistência a pessoas que vivem com aids em todos os Estados do Brasil.

Conselhos comunitários são espaços apropriados — infelizmente, pouco ambicionados — para cristãos exercerem sua mundanalidade. Há mulheres e homens engajados nos níveis municipal, estadual e nacional nos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente, da Assistência Social, da Saúde, da Educação, do Deficiente, do Meio Ambiente, da Juventude, e outros.

Segundo o jornal O Arado, todos os conselheiros do Conselho Tutelar de Perus e Anhanguera, São Paulo, empossados em 7 de março de 2006, são membros da Assembléia de Deus. Durante o Encontro da Rede Evangélica Nacional de Ação Social, que reuniu cerca de 150 pessoas de mais de cinqüenta organizações em Araçariguama, SP, nos dias 15 a 17 de março, estavam presentes mais de quinze membros de diferentes conselhos; pelo menos três deles eram representantes nacionais dos conselhos.

Que as nossas boas obras recebam a justa publicidade. Que o sal salgue e que a luz brilhe. E, assim, seja Cristo conhecido e glorificado!

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.