Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Em letras grandes

A lasquinha de madeira perdida no oceano

O profeta garantiu que Samaria e seu rei seriam “arrastados como um graveto nas águas” (Os 10.7). Alguns dias mais à frente, não teriam peso nem poder nem recursos. Seriam como “uma lasca de madeira na superfície da água” (ARA), “um cisco carregado pela correnteza” (NTLH), “uma lasquinha de madeira perdida no oceano” (BV) ou “uma espuma em cima da água” (CNBB). Que situação horrível!

Veja bem: o pecado transforma tronco em graveto, trono em latrina, coroa em touca, cetro em caniço, ouro em fuligem, fortalezas em chiqueiros, iguarias em comida de porco. Fique certo disso e tema ao Senhor para que você não siga o caminho de Samaria e não se torne uma espuma por cima da água.

Com o passar do tempo, o pecado não interrompido nem confessado nem abandonado é capaz de transformar a beleza em feiúra, o poder em fraqueza, a fartura em miséria, a glória em vergonha. Sempre acontece assim porque o pecado mina por dentro e destrói de dentro para fora. O pecado rouba o brio, a dignidade, o respeito próprio, a vontade própria, as reservas morais.

Deixe de ser como um graveto nas águas ou como uma palha que o vento leva para ser “como a árvore plantada à beira de águas correntes” (Sl 1.3)!

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.