logo ultimato
  • Seja bem-vindo Visitante!
  • Cadastre-se
  • facebook
  • twitter
  • rss
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Esqueci minha senha

Notícias — Internacionais

Revista adventista de circulação mundial alerta pastores sobre conduta sexual imprópria

Pastores, casados ou solteiros, precisam saber e confessar que são tão humanos quanto aqueles aos quais prestam assistência religiosa (At 10.26; 14.15; Tg 5.17). De igual modo, os fiéis precisam saber que seus pastores são carne e osso, e não uma classe superior isenta de fragilidades e limitações.

Por causa dos escândalos sexuais envolvendo pastores, o Ph.D. Miroslaw M. Kiss, professor de ética no Seminário Teológico Adventista da Andrews University, em Berrien Springs, Michigan, está escrevendo uma série de seis artigos sobre o assunto na revista Ministry, publicada há 75 anos pelos adventistas americanos. Os títulos dos artigos são: 1) Um apanhado sobre o ministério pastoral na Bíblia; 2) Sexualidade, sexo e pecados sexuais na Bíblia; 3) Pecados sexuais de pastores na Bíblia; 4) Como o pecado sexual acontece; 5) O impacto da fornicação ou do adultério de um pastor; 6) A resposta redentora da igreja.

No primeiro artigo, Kiss explica que libido é a energia sexual e funciona como uma força motivadora, como um instinto de vida oposto ao medo da morte. Já a sublimação é a capacidade de canalizar a energia sexual para outras atividades. Paulo é um bom exemplo de quem soube fazer uso da sublimação. A consciência de seu chamado missionário e a sua preocupação com a evangelização tomaram conta de todas as suas energias.

O professor de ética critica a chamada “ideologia de playboy”. Trata-se de uma visão que, primeiro, prega que a sexualidade é uma função física/psicológica sem ligação com outras dimensões do ser humano; segundo, insiste que o ato sexual é a única forma de expressar a sexualidade; e, por último, considera a mulher como um objeto sexual.

Opinião do leitor

comentar
Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.