Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Pastorais

Felicidade!

A felicidade nunca acontece numa sala fechada, em cuja porta, do lado de fora, uma tabuleta avisa: “Não entre sem ser chamado”. A felicidade não depende do isolamento, não depende do silêncio, não depende de calmarias, não depende de acessórios nem assessores, não depende da ginástica do chamado “pensamento positivo”, não depende da repetição mecânica de orações e de frases otimistas, não depende de mentiras inteligentes e bem elaboradas. Ao contrário, a felicidade tem de conviver com a maldade, com o sofrimento, com a inimizade alheia, com a morte, com a realidade presente e histórica.

Perderíamos a confiança no salmista se todos os salmos fossem salmos de felicidade. Ainda bem que há salmos sombrios, que descrevem situações bastante adversas, como culpa, doença, angústia, depressão, perseguição, perigo, abandono, traição, crise existencial etc.

O fato é que a expressão “como é feliz” (ou “bem-aventurado aquele que”) aparece mais vezes em Salmos do que em qualquer outro livro da Bíblia. São pelo menos 23 referências. A primeira está no primeiro verso do Salmo primeiro: “Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios”. E a última está quase no final do livro: “Como é feliz aquele cujo auxílio é o Deus de Jacó, cuja esperança está no Senhor, no seu Deus, que fez os céus e a terra” (Sl 146.5). Dos 150 poemas, seis começam com a afirmação “Como é feliz” (1.1; 32.1; 41.1; 112.1; 128.1) ou “Como são felizes” (Sl 119.1).

Para o salmista são felizes os que se portam com retidão (1.1; 89.15; 94.12; 106.3; 119.1,2), os que confiam no Senhor (84.12), os que temem o Senhor (112.1; 128.1), os que se refugiam no Senhor (2.12; 34.8; 146.5), os que recebem o perdão do Senhor (32.1) e os que se interessam pelo pobre (41.1)!

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.