Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Especial — Pastores, profetas e poetas

Osmar Ludovico da Silva

Existe na igreja evangélica atual uma grande preocupação com o desenvolvimento das lideranças, tanto a pastoral, quanto a leiga, para o exercício dos ministérios de louvor, jovens, grupos etc.

Vemos uma incontável oferta de livros, seminários, treinamento, com toda sorte de técnicas religiosas e seculares, para aprimorar o potencial de liderança da igreja. Pastores são atraídos por essas ferramentas que podem alavancar seu ministério, tornando-os mais eficientes e produtivos, e, como conseqüência, bem-sucedidos no trabalho que desenvolvem.

Damos graças a Deus por isso, pois hoje a igreja é melhor gerenciada e os pastores, mais bem preparados academicamente. Poderíamos dizer que a liderança evangélica se tornou mais “profissional”. Por outro lado, nossos pastores estão cada vez mais parecidos com executivos, empreendedores com agenda cheia, gerentes de programas e orçamentos. Nesse processo, muitos correm o risco de perder a dimensão do ser na excessiva ênfase do fazer. Os sermões se tornam muito mais uma produção mental do que uma experiência do coração. A instituição toma cada vez mais lugar na agenda dos líderes e pouco tempo resta para a família e amigos do peito. Mais e mais encontramos pastores que vivem duas realidades: uma no púlpito e outra na vida pessoal.

Mais do que nunca pastores e líderes devem buscar uma vida que priorize a devoção pessoal, os vínculos e os afetos, a Palavra que vem do coração, a ética e a cidadania. Essas são qualidades essenciais para o exercício da liderança espiritual.



A devoção pessoal

O conselho de Jesus Cristo para a nossa vida de oração é sair do público, entrar no quarto e fechar a porta. É deixar do lado de fora as distrações e atividades, para encontrar Deus no secreto, isto é, a partir de uma realidade que ninguém sabe e ninguém vê. Precisamos estar diante dele desarmados, vulneráveis, entregues, sem pedir nada, simplesmente desfrutando de sua doce, santa e terna presença. Então, cientes de nossa limitação e da infinitude de Deus, estaremos diante dele em contemplação silenciosa e reverente. A verdadeira vida de oração se estabelece não pela quantidade de respostas obtidas, mas por quanto desnudamos nossa alma perante aquele que sabe tudo a nosso respeito e por quanto somos movidos pelo afeto e amor por quem nos amou incondicionalmente.



Os vínculos e os afetos

O crescimento na vida cristã de um líder não é medido por sua visibilidade, performance, produtividade, carisma pessoal, mas por seu crescimento numa sabedoria imersa no amor, na doçura e na ternura. Trata-se de uma sabedoria que emerge do profundo conhecimento da Bíblia, aplicado à vida espiritual, existencial, emocional e afetiva. Pode-se dizer que o verdadeiro líder cristão é um homem ou uma mulher que vive seus relacionamentos com sabedoria e amor. Primeiro, o relacionamento com Deus, na devoção e no caminhar com Ele pelas estradas da vida, que nos conduzem a vales e montanhas. Segundo, o relacionamento consigo mesmo, isto é, o caminho sem fim de trabalhar-se interiormente para reconciliar-se consigo mesmo, com sua biografia, com sua história emocional, com seu corpo. Se de fato tivermos vínculo com Deus e conosco, certamente viveremos uma vida voltada para o outro, para a intimidade, para o afeto, e teremos famílias saudáveis e amigos com quem podemos contar.



Palavra que vem do coração

O que é a Bíblia? Um livro de princípios, doutrinas, técnicas? Não! A Bíblia nos conta a história de um Deus apaixonado pela humanidade. De Gênesis a Apocalipse, vemos seu desejo e empenho em nos encontrar para ter comunhão conosco. Pode-se dizer que a Bíblia é uma coletânea de cartas de amor, que contêm os relatos e registros históricos e verídicos da iniciativa do Deus Santo para encontrar o homem perdido. Quando essas histórias sagradas encontram a nossa história, nos percebemos diante desse amor imenso, imensurável, misterioso. E simplesmente nos entregamos a Deus, nos deixando ser acolhidos e amados por esse Pai com tantos aspectos de mãe. Então pregamos a Palavra, a partir dessa leitura que nos move cada vez para mais perto de Deus.



Ética e cidadania

Estaríamos interessados apenas em crescer numericamente? Em sermos uma grande igreja, mas sem impacto na sociedade? Uma igreja cujo projeto social e político resulta em dividendos para si mesma na forma de visibilidade na mídia e cargos públicos? Mais do que nunca temos um chamado profético e poético. Profético para denunciar com clareza a corrupção, a injustiça, a violência, e procurar alívio e justiça para as vítimas da opressão. Poético para falar com doçura a palavra firme, mas branda, para protestar com contundência, mas também com leveza. Segundo as estatísticas, já somos 20% da população. É tempo de a igreja evangélica ser um instrumento nas mãos de Deus para fazer do Brasil um país mais justo e solidário.

Sou de uma geração que já viu muita coisa e que percebe os perigos e desafios da igreja evangélica brasileira. No entanto, dou graças ao Senhor pelos pastores e líderes que conheço que gastam horas na devoção pessoal em secreto e que continuam casados e apaixonados pela mesma mulher. Também agradeço a Deus pela realidade da comunhão de pastores e líderes que desenvolvem vínculos de amizade para toda a vida com seus pares, discípulos e mentores. Graças a Deus também pelos nossos mestres espirituais que pastoreiam e ensinam a partir de suas experiências do coração, e pelos profetas e poetas com sua palavra transformadora. Não são muitos, mas estão por aí. Devemos reconhecer e honrar esses homens e mulheres cujo exemplo dignifica a igreja evangélica brasileira, e orar por eles.


Osmar Ludovico da Silva é pastor da Igreja Evangélica Comunidade de Cristo em Curitiba, PR. Ministra cursos de espiritualidade cristã, formação de líderes e res

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.