Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Em Jesus você pode confiar

O carregador e o bode expiatório

Em poucas palavras, o salmista resume o que Deus fez pelo povo de Israel quando o tirou da terra do Egito, da opressão de Faraó: “Tirei o peso dos seus ombros: suas mãos ficaram livres dos cestos de cargas” (Sl 81.6, NVI).

Esse versículo ajuda a entender e realça a obra vicária de Jesus Cristo: “Como ovelhas estávamos todos perdidos, cada qual ia em frente por seu caminho. Foi então que o Senhor fez cair sobre ele o peso dos pecados de todos nós” (Is 53.6, CNBB).

Deus tira de sobre o homem o peso insuportável que as forças opressoras colocam em cima de seus ombros e coloca sobre os ombros de seu Filho o peso insuportável do pecado que Ele tirou de sobre nós.

Feito literalmente nosso carregador (aquele que carrega a bagagem, no caso, os nossos muitos pecados), Jesus se faz também nosso bode expiatório (aquele sobre quem se fazia recair as culpas alheias, no caso, nossas próprias). Assim, o perdão, a justificação, a salvação toda

tornam-se muito mais do que viáveis. Tornam-se fatos concretos.

Retirar de Jesus essa qualidade redentora é reduzir a nada o cristianismo, é jogar no lixo e no esquecimento as tais boas notícias de que falou o anjo no dia do primeiro Natal.

Se foi assim que Deus quis redimir-nos, ninguém pode pregar outro evangelho porque outro não existe.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.