Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa

Grite alto contra a guerra!

Se você não tiver horror à guerra e não se posicionar contra ela, você terá sua parcela de culpa diante da história e diante de Deus. Você será culpado das tragédias criadas pela guerra.

Uma das muitas tragédias da guerra é a quantidade enorme de crianças que estão morrendo ou perdendo uma ou as duas pernas por pisarem acidentalmente numa mina enterrada no chão.

Os especialistas dizem que há 110 milhões de minas enterradas em 64 países. Se esse número não aumentar, serão necessários mil anos para desenterrar tais artefatos de guerra ao custo de milhões de dólares. Nesse período, 40 mil pessoas vão morrer no processo de desminar uma área, pois para cada 5 mil minas desativadas e destruídas, uma pessoa morre e duas ficam feridas.

As minas que a Força Aérea Americana atirou sobre o Vietnã foram desativadas pelos vietcongues e reaproveitadas, com sucesso, contra o exército americano.

A antiga União Soviética deixou mais de 10 milhões de minas no Afeganistão, durante os 10 anos de intervenção militar no país.

Os militares iranianos despacharam meninos para limpar os campos minados durante a guerra contra o Iraque. Caso morressem, seriam recompensados com o Paraíso.

Só em Angola, deve haver entre 6 e 8 milhões de minas e outros explosivos — uma para cada 1,4 habitantes. (Outras fontes falam entre 15 e 20 milhões.) A guerra civil angolana, iniciada em 1975 e encerrada em abril deste ano, deixou 500 mil mortos e 70 mil mutilados.

Um em cada 236 cambojanos perdeu ao menos uma perna por ter pisado numa mina durante a guerra do Camboja. Grande parte das terras produtivas desse país não podem ser utilizadas enquanto não forem retiradas milhões de minas enterradas em seu território.

Em Moçambique, 68% dos feridos durante a guerra civil eram civis; destes, 81% haviam sido atingidos por minas explosivas (7% eram crianças).

Cerca de 50 países fabricaram mais de 200 milhões de minas terrestres nos últimos 25 anos. Lamentavelmente, o Brasil é um dos fabricantes e exportadores de minas, sendo, portanto, culpado de aumentar o número de crianças, jovens e adultos mortos ou mutilados, sobretudo em países pobres.

Ouça a voz de Deus: “Grite com toda a força, sem parar! Grite alto como se você fosse trombeta! Anuncie ao meu povo, os descendentes de Jacó, os seus pecados e as suas maldades” (Is 58.1, NTLH).

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.