Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa

Eu pequei!


Se você já disse alguma vez: “Eu pequei!”, tenha-se por muito feliz. Não porque pecou. Antes porque admitiu o fato e não o acobertou. Porque é pequeno, pequeniníssimo o número daqueles que chegam a este ponto. É muito fácil conjugar o verbo pecar em qualquer pessoa gramatical, no singular e plural, desde que não seja na primeira pessoa do singular: “Eu pequei!”

Percorra toda a Bíblia e você encontrará meia dúzia de indivíduos com estas palavras na boca: Faraó (Êx 9.27), Acã (Js 7.20), Saul (1 Sm 15.24), Davi (2 Sm 12.13), o filho pródigo (Lc 15.17) e Judas (Mt 27.4). Além do mais, se você se der ao trabalho de analisar cuidadosamente cada caso, encontrará coisas surpreendentes. Nem todos acertaram em cheio. Nem todos trouxeram estas palavras de dentro. Nem todos se molharam nas lágrimas do arrependimento. Nem todos deram os passos seguintes. Por essa razão, dois entre estes se suicidaram (Saul e Judas) e dois morreram em seus pecados (Faraó e Acã). Mas, em compensação, os dois restantes foram honestos e se levantaram dos escombros e alcançaram perdão e purificação (Davi e o filho pródigo).

Se você tem dificuldade em admitir seu próprio pecado, exponha-se ao Espírito de Deus, pois é Ele quem convence o mundo do pecado, do que é certo e justo e também do julgamento de Deus (Jo 16.8).


Da planta dos pés até a cabeça

Desde a planta do pé até à cabeça não há nele coisa sã, senão feridas, contusões e chagas inflamadas, umas e outras não espremidas, nem atadas, nem amolecidas com óleo (Is 1.6)

1. “Toda a cabeça está doente” (1.5)
2. “Tens a testa de bronze” (48.4)
3. “Os olhos altivos dos homens serão abatidos” (2.11)
4. “Ainda que tens os ouvidos abertos, nada ouves” (42.20)
5. “Toda boca profere doidices” (9.17)
6. “Habito no meio dum povo de impuros lábios” (6.5)
7. “Andam de pescoço emproado” (3.16)
8. “A tua cerviz é um tendão de ferro” (48.4)
9. “Sois de coração obstinado” (46.12)
10. “Jejuas para ferirdes com punho iníquo” (58.4)
11. “As vossas mãos estão contaminadas de sangue” (59.3)
12. “... Se tirares o dedo que ameaça” (58.9)
13. “Firmas os joelhos vacilantes” (35.3)
14. “Os seus pés correm para o mal” (59.7)

(Todas as citações são do livro de Isaías.)

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.