Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

A Penúltima Curiosidade

Como a ciência navega nas questões últimas da existência

Roger Wagner | Andrew Briggs

Páginas 448
ISBN 978-85-7779-177-4
Formato 16x23
Assunto Apologética, Ética, Série Ciência e Fé Cristã
Ano 2018
Editora Ultimato
Código 48.09
Preço
sugerido
94,10
R$ 94,10
Esta fascinante obra de história e de referência merece ser lida pelos dois lados da linha que divide ciência e arte. Sem defenderem uma fé ou grupo específico, os autores oferecem um antídoto necessário contra a promoção da ciência por novos ateístas às custas da espiritualidade – uma campanha que tem contribuído muito para vulgarizar e desinformar a compreensão pública de ambos.
Financial Times

A Penúltima Curiosidade
é um relato fascinante de como a curiosidade humana tem lutado para entender o universo a partir de diferentes pontos de vista. Mostra em detalhes como as tensões entre ciência e religião foram debatidas com profundidade por mentes brilhantes durante séculos.

– George Ellis, autor, com Stephen Hawking, de The Large Scale Structure of Space-Time

Com originalidade impressionante, a obra expõe as perguntas mais profundas sobre a identidade e o propósito humanos.
– Alister McGrath, professor da cátedra Andreas Idreos de ciência e religião, Universidade de Oxford

*  *  *  * 

A necessidade de compreender e dar sentido ao mundo é o que podemos chamar de “curiosidade última”, que está na raiz de todas as religiões. Tal curiosidade moldou e motivou o interesse científico, que poderia, portanto, ser descrito como a “penúltima curiosidade”.

A Penúltima Curiosidade apresenta, por meio do texto e de ilustrações – das pinturas em cavernas, passando pelos grandes pensadores, até os gigantes da tecnologia –, como a curiosidade humana tem lutado para entender o universo e as relações entre ciência e religião ao longo dos séculos: a última e a penúltima curiosidades.


» A Penúltima Curiosidade
vem acompanhado de um belíssimo documentário (DVD), apresentado pelos autores, em uma verdadeira viagem pelo tempo, mostrando lugares, ilustrando e apontando fatos que moldaram a civilização, da pré-história à revolução científica dos dias atuais.

CONHEÇA os outros livros da série Ciência e Fé Cristã.

Agradecimentos
Prólogo

PARTE UM – NO PRINCÍPIO I
1. Os primeiros homens
2. Tentasali
3. Watauinaiwa
4. O momento jardim do Éden
5. Paralelos primatas
6. Horizontes de curiosidade
7. A última curiosidade

PARTE DOIS – CIÊNCIA MOTIVADA POR DEUS
8. Os leões de Mileto
9. A mudança para Atenas
10. Através da porta da Academia

PARTE TRÊS – ENCONTROS EM ALEXANDRIA
11. Os dois alunos
12. A cidade dividida
13. Jack trabalhador
14. A criação do mundo

PARTE QUATRO – A LONGA DISCUSSÃO
15. A Casa do Saber
16. O sonho de Aristóteles
17. A peregrinação de Algazali
18. Uma história de duas cidades
19. Silêncio imposto
20. Ciência experimental
21. A lei universal

PARTE CINCO – O LIVRO ABERTO DO CÉU
22. Contra Aristóteles
23. Filosofar livremente
24. A liberdade do intelecto
25. Simplício redivivo
26. A criação

PARTE SEIS – SACERDOTES DA NATUREZA
27. Uma nova era
28. Um astrólogo luterano
29. A filosofia experimental
30. As centelhas oxonianas

PARTE SETE – O OCEANO DA VERDADE
31. Le grand Newton
32. O belo sistema
33. Teologias matemáticas
34. A costa da infinidade

PARTE OITO – VIAGENS DE DESCOBERTA
35. Duas jornadas
36. O mistério dos mistérios
37. O credo da ciência

PARTE NOVE – NO PRINCÍPIO II
38. O inquérito literário
39. Rompendo os selos
40. A gazua intelectual
41. Em terra estrangeira
42. Junto aos rios da Babilônia
43. Adão e Adapa
44. O fio de Ariadne

PARTE DEZ – POR MEIO DA PORTA DO LABORATÓRIO
45. Ciência em tempo de cólera
46. Visita ao museu
47. Experimentos mentais
48. A unidade da natureza
49. As obras do Senhor

PARTE ONZE – EPÍLOGO
Notas
Bibliografia
Lista de Figuras
Roger Wagner, artista e poeta inglês, foi descrito como o "melhor pintor religioso da Grã-Bretanha". Graduado em literatura inglesa em Oxford, com a mais alta classificação (first class honours), também estudou na Royal Academy School of Art. Tanto o Ashmolean Museum em Oxford, quanto o The Fitzwilliam Museum em Cambridge contam com sua obra em suas coleções permanentes. Em 2014, foi laureado com o prêmio ACE (Art and Christianity) de arte em contexto sagrado. Produziu vários livros de poemas ilustrados e traduções dos Salmos, e é professor na Escola de Arte Ruskin, em Oxford.

Andrew Briggs foi eleito em 2002 como o primeiro titular da cátedra de nanomateriais da Universidade de Oxford. Coordenou vários projetos interdisciplinares, com apoio de empresas como a BNFL, Toppan, Hitachi e Hewlett-Packard. Tem mais de 540 publicações, a maioria em revistas indexadas internacionalmente, com mais de 7 mil citações. É também professor no Colégio de St Anne, membro emérito da Wolfson College, membro honorário da Sociedade Real de Microscopia e membro do Instituto de Física. É licenciado em teologia pela Universidade de Cambridge e ganhador do Prêmio Chase para o grego. Atua no Conselho de Administração da Ian Ramsey Centre e como membro do Conselho Internacional de Consultores da Fundação John Templeton.
De maneira única, A Penúltima Curiosidade aborda ciência e religião por meio do texto e de ilustrações – das pinturas e artefatos em cavernas dos primeiros hominídeos, passando pelos grandes pensadores que moldaram a civilização, até os gigantes da revolução científica e da tecnologia dos dias atuais.
– Bob White, Universidade de Cambridge

O panorama histórico geral apresentado por A Penúltima Curiosidade é suficiente para tirar o fôlego do leitor. Com belas ilustrações, este livro não é um mero objeto decorativo, mas está em um patamar muito mais elevado.
– Science & Education

Esta fascinante obra de história e referência merece ser lida por ambas as partes da linha que divide ciência e arte. Sem defenderem uma fé ou denominação em particular, os autores oferecem um antídoto muito necessário contra a promoção da ciência por novos ateístas às custas da espiritualidade, uma campanha que tem contribuído muito para vulgarizar e desinformar a compreensão pública de ambas.
– Financial Times

O panorama de A Penúltima Curiosidade é magnífico, com histórias fascinantes sobre arte paleolítica, ciência islâmica, teologia medieval, mecânica quântica e uma série de tópicos entre elas. A escrita é espetacular [...] A história, a arte e a filosofia presentes neste livro lhe conferem um grande valor aos olhos de qualquer leitor sério.
– Choice

Wagner e Briggs devem ser elogiados pela observação fundamental de que ciência e religião estão, em última análise, entrelaçadas, porque os próprios seres humanos estão entrelaçados.
– Issues in Science and Technology


Eis aqui a excelência. A Penúltima Curiosidade mostra como é insaciável e criativa a curiosidade humana por entendimento e sentido, da pré-história ao presente.
– Justin Welby, arcebispo de Cantuária

A Penúltima Curiosidade é um relato fascinante de como a curiosidade humana tem lutado para entender o universo a partir de diferentes pontos de vista. Mostra em detalhes como as tensões entre ciência e religião foram debatidas com profundidade por mentes brilhantes durante séculos.
– George Ellis, autor, com Stephen Hawking, de The Large Scale Structure of Space-Time

Com originalidade impressionante, a obra expõe as perguntas mais profundas sobre a identidade e o propósito humanos.
– Alister McGrath, professor da cátedra Andreas Idreos de ciência e religião, Universidade de Oxford


Com a expertise de um notável artista e de um pesquisador envolvido no que há de mais
inovador na ciência contemporânea, o resultado é um feito do pensamento interdisciplinar na sua melhor forma e um livro deslumbrante.
– Malcolm Jeeves, presidente da Sociedade Real de Edimburgo (1996-1999)

É preciso perguntar se pode haver diálogo entre a ciência e a religião, se uma pode respeitar a outra e aceitar seus respectivos pontos de vista. Andrew Briggs e Roger Wagner demonstram que seguir esse caminho é não apenas possível, mas também enriquecedor.
– Rolf Heuer, diretor-geral, CERN

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este livro. Seja o primeiro a comentar.