Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Recorde de 33 milhões de deslocados pela guerra no mundo

GENEBRA, 15 de maio de 2014 (ACNUR) - Um novo informe do Observatório de Deslocamento Interno (IDMC) indica que 33.3 milhões de pessoas se encontravam internamente deslocadas no final do ano de 2013 como consequência dos conflitos e da violência. Isto significa um aumento assombroso em comparação aos 4.5 milhões em 2012, representando o nível mais alto pelo segundo ano consecutivo.

O IDMC, que faz parte do Conselho Norueguês para Refugiados (NRC), apresentou seu Informe Global de 2014 na ONU em Genebra, junto com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR). O informe, que abarca o deslocamento interno em 2013, destaca que, a cifra sem precedentes de 33.3 milhões de deslocados internos em todo o mundo o mundo, aproximadamente 63% são provenientes de apenas cinco países afetados por conflitos: Síria, Colômbia, Nigéria, República Democrática do Congo (RDC) e Sudão. O informe que aponta, pela primeira vez, dados sobre a Nigéria, indica que um grande número de nigerianos, 3.3 milhões se deslocou devido ao conflito.

Informações da ACNUR. Mais detalhes aqui.


Legenda da foto: Dezenas de milhares de deslocados internos na República Centro-Africana encontraram abrigo no aeroporto de Bangui. A República Centro-Africana foi um dos três países com o maior número de novos deslocados em 2013. / ACNUR
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1008 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.