Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

Por que ir à escola bíblica dominical?

Por Luiz Fernando dos Santos

“Todos nós que alcançamos a maturidade devemos ver as coisas dessa forma, e se em algum aspecto vocês pensam de modo diferente, isso também Deus lhes esclarecerá” (Fp 3.15).

O imperativo bíblico de fazer discípulos seguramente inclui a educação cristã. Enquanto caminhamos nessa vida o processo discipular muda de etapas, atinge níveis mais profundos, todavia, não têm fim. Digamos que a formatura se dá no dia em que o discípulo ouvir: “O senhor respondeu: Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e entre na alegria (no repouso) do seu senhor” (Mt25.21). Até que esse bem-aventurado dia chegue, o nosso crescimento deve acontecer: “Seja diligente nestas coisas; dedique-se inteiramente a elas, para que todos vejam o seu progresso” (1 Tm 4.15). Há ainda um imperativo bíblico mais claro: “Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2 Pe 3.18). Portanto, a palavra de ordem é desenvolver: “Assim, meus caríssimos, vós que sempre fostes obedientes, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor, não só como quando eu estava entre vós, mas muito mais agora na minha ausência” (Fp 2.12).

O Senhor proveu à sua Igreja muitas maneiras para que esta educação cristã continuada e sistematizada aconteça ainda hoje. Todas elas passam pelo estudo acurado das Escrituras, independentemente do método a ser utilizado. Grupos pequenos, círculos bíblicos, estudos doutrinários, estudos pessoais nas mais variadas plataformas de Bíblias digitais.

Entretanto, há uma forma preciosa e muito eficaz de desenvolver o discipulado e o conhecimento da Palavra que é a Escola Bíblica Dominical. Essa ‘instituição’ presta um serviço difícil de ser exagerado na formação integral e permanente dos discípulos de Cristo. Com suas classes organizadas para todas as faixas etárias e com um currículo rico que atende aos mais variados interesses e necessidades, a Escola Bíblica Dominical cumpre um papel chave no treinamento dos santos para a realização de seu ministério no mundo.

Não se trata apenas de um estudo formal das Escrituras e das Doutrinas. A Escola Dominical oferece espaço e oportunidade para a mutualidade cristã, o compartilhamento da Palavra, a troca de experiências, a leitura orante das Bíblia e o desenvolvimento da amizade e do companheirismo, marcas essenciais do discipulado cristão.

A Escola Dominical imprime um caráter indelével na alma daqueles que são seus frequentadores assíduos. As lições ali aprendidas com os irmãos mais velhos, mais sábios ou mesmo jovens que possuam o dom de ensinar, nos acompanham a vida inteira. Naturalmente o despertamento da ministerialidade de cada crente, bem como o chamado para o ministério pastoral, passam pela frequência habitual nessa escola bendita. Claro que, como todo processo pedagógico, precisamos sempre atualizar e aperfeiçoar os professores e o conteúdo programático, desde que a substância do conteúdo manifeste o Evangelho e o Senhorio de Cristo sobre a criação.

Um cristão que não valoriza e nem participa da Escola Dominical empobrece uma parte importante de seu caminhar com Cristo e renuncia não sem prejuízos uma parte preciosa para a formação de sua piedade, ética e aprimoramento ministerial. Os pais que por negligência ou preguiça não trazem os filhos desde a mais tenra infância para aprender de maneira lúdica e graciosa os fundamentos da vida cristã, abre mão de uma preciosa promessa bíblica: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele” (Pv 22.6).

Não é verdade que o compromisso com a Escola Dominical se torna uma “prisão” para as nossas manhãs de domingo e um “encarceramento” de nosso senso crítico. Antes, é uma proteção, como um ‘Guard Rail’ em uma estrada sinuosa por entre precipícios. A Escola Dominical tem a missão de nos oferecer ‘proteção’ pelo estudo criterioso e piedoso das Escrituras e das Doutrinas para o nosso viver: “para que venham a tornar-se puros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e depravada, na qual vocês brilham como estrelas no universo” (Fp 2.15) e “cheios do fruto da justiça, fruto que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus” (Fp 1.11).

Meu desejo nessa pastoral é encorajá-lo a frequentar a Escola Dominical, desafiá-lo a trazer os seus filhos para serem educados nas coisas do céu, insistir para que você ofereça à sua família uma educação de qualidade inigualável. Muitos são os mestres e pedagogos desse mundo formando a mente e induzindo os homens a opções e decisões, cujo fim último é a decepção, a desilusão e a morte. Matricule-se na Escola Dominical e aprenda como viver uma vida santa e feliz com Deus, na família e entre irmãos.

Leia mais
Para que serve e a escola bíblica dominical?
Como ensinar a criança a ler a Bíblia
O que se aprende na igreja?
É ministro da Igreja Presbiteriana Central de Itapira (SP) e professor de Teologia Pastoral e Bioética no Seminário Presbiteriano do Sul, de Filosofia na Faculdade Internacional de Teologia Reformada (FITREF) e de História das Missões no Perspectivas Brasil.
  • Textos publicados: 54 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.