Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Pesquisa revela percepção dos adultos acerca da violência infantojuvenil


 
Uma pesquisa com mais de 11 mil pessoas de 28 países, realizada pela Visão Mundial e Ipsos Reid, mostra o que as pessoas ao redor do mundo pensam a respeito da violência contra crianças e adolescentes. Segundo levantamento, a violência infantojuvenil é um problema crescente.

Os resultados em nível nacional apontam que 80% dos entrevistados conhece uma criança ou adolescente vítima de violência e 65% tem a sensação de que nos últimos cinco anos a violência contra as crianças e adolescentes no Brasil cresceu.

Para os entrevistados, a maior causa do aumento da violência contra crianças é o consumo do álcool e uso de drogas (71%). Os tipos de violência mais comuns no Brasil são: ameaças online, violência sexual e práticas violentas entre crianças.


A pesquisa mostra ainda que, depois de locais públicos, a casa é um dos lugares onde as crianças estão mais propensas ao risco de violência. Embora a maioria discorde que muito ou alguma coisa está sendo feito para prevenir a violência contra crianças e adolescentes, mais de 80% é otimista e acredita que a violência contra crianças e adolescentes possa ser reduzida.


Clique aqui e baixe os resultados da pesquisa na íntegra.
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1008 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.