Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

O que fazer quando você não sabe o que falar?

É comum ouvir alguém resmungar que “não sabe o que falar”. A descoberta é meio caminho para a virtude. No entanto, invariavelmente, abrimos a boca assim mesmo.

Seria desnecessário lembrar as palavras de Jesus sobre “o que contamina o homem”, se não fosse clara a avassaladora poluição da mídia com o que “sai da boca” das celebridades da hora. E, por estas razões, foi com surpresa que li uma das entrevistas mais impressionantes dos últimos anos. Exatamente pelo que o entrevistado não disse.

A celebridade entrevistada é o conhecido ator Joaquin Phoenix, Indicado ao Oscar de melhor ator por "O Mestre", em entrevista ao Guardian, publicada no Brasil pela Folha de S. Paulo (25/01/2013). Faço um recorte nas perguntas e respostas:

Ator Joachin PhoenixGuardian
[O filme] “O Mestre" foi muito aclamado...
Joaquin Phoenix - Você está falando a sério?
GuardianAté que ponto há algo de você em Freddie Quell, seu personagem?
J. Phoenix – Não sei. É difícil. [...]
GuardianSobre o que você pensa?
J. Phoenix – [Risos]. Não, não, não, não. Quem se importa com isso?
GuardianEu me importo.
J. Phoenix – Muita gentileza de sua parte. Vamos tomar um chá algum dia e então poderemos conversar sobre isso.
GuardianHá alguma coisa que você queira dizer?
J. Phoenix – Não há nada de especial que eu queira dizer, e, quando tenho, geralmente resolvo o problema telefonando para um de meus amigos.

Phoenix é, no mínimo, modesto. Desconfia dos elogios, não acredita que alguém se interessaria pelo que ele tem a dizer e, de fato, se cala quando é provocado. Qual celebridade, em meio à multidão de microfones, páginas, câmeras e ouvidos à disposição, faria algo semelhante? Imagine o que diria um ex-qualquer-coisa sobre o seu último “trabalho”.

Calar não é para qualquer um. Embora, ironicamente, “até um tolo pode passar por sábio e inteligente se ficar calado” (Pv 17.28). Aliás, a Bíblia está cheia dos que se calaram e mudaram a história.

Leia mais
Falar é prata (Rubem Amorese)
Simplesmente cristão (N. T. Wright)
Obras de John Stott
É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 173 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.