Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

O meio ambiente do Brazil ou o Brasil do meio ambiente

(ENVOLVERDE) No dia em que se comemora o meio ambiente, o Brasil tem muito a mostrar, mas ainda não sabe como incorporar o valor da sustentabilidade em seu projeto de País. Governo e sociedade estão em uma encruzilhada do processo civilizatório e os próximos dois anos são fundamentais para a definição do modelo de desenvolvimento.

O Brasil conseguiu superar várias de suas limitações e encontrar um caminho que o ajude a trilhar o século XXI como uma nação capaz de assumir sua posição de destaque em um mundo onde a globalização é mais uma forma de colonialismo do que de desenvolvimento sustentável. Durante os cinco séculos da história brasileira o país foi apenas um exportador de matérias primas e de recursos naturais baratos e sem valor agregado. Isto vem do pau-brasil, passa pela cana de açúcar, muda para o café, vira em direção aos minérios – ouro no início, depois ferro e chega finalmente à sofisticação do alumínio, onde além de exportar matéria prima, envia para o exterior uma imensa quantidade de energia elétrica incorporada ao produto. A pauta de exportação do Brasil é composta em sua maioria de produtos agrícolas, pecuários e minerais, com muito pouco em produtos industrializados e em serviços. Mas, ao mesmo tempo, o País tem uma indústria e um setor de serviços extremamente sofisticado e capaz de atender com qualidade o mercado interno.

Este momento, em que a política ambiental brasileira passa por uma delicada transição, com a saída de Marina Silva e a chegada de Carlos Minc, é, também, o momento de se entender o que significa para o Brasil ter uma pauta de exportação fortemente ancorada em recursos naturais e qual é a posição do País nesta onda de globalização. Muitos jornalistas e gente ligada à economia gostam de comparar o Brasil com a China, onde o crescimento econômico de quase 10% ao ano é baseado na superexploração de recursos naturais e em tecnologias que não seriam aprovadas por nenhum órgão ambiental da Europa, ou mesmo do Brasil. No entanto, a China tem uma pauta muito diferente da brasileira. Os desafios de distribuição de renda da China e Índia conseguem ser muito mais intrincados do que os do Brasil, além das diferenças políticas marcantes, principalmente em relação ao governo instalado em Pequim. O Partido Comunista governa dentro de um centralismo que o deixa livre para fazer o que bem entender e a sociedade local não têm muitas instâncias para reclamar. Leia mais.

Fonte: www.envolverde.ig.com.br

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.