Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

O "eixo do mal" passa no meio de cada um de nós

O mal passa pelo eixo e não o contrário, como disse o ex-presidente George Bush. Quem nos ajuda a desvendar o que parece confuso é N. T. Wright em O Mal e a Justiça de Deus — mundo injusto, Deus justo?, lançamento de março da Editora Ultimato.

A partir do 11 de setembro fomos levados a dividir o mundo entre “nós”, do bem, e “eles”, do mal. Não é assim. A linha que separa o bem e o mal passa por cada indivíduo, por cada sociedade. Claro, o mal não começou com o atentado às torres gêmeas, e todos os dias vemos ou eventualmente somos vítimas e até cúmplices do mal. Para N. T.
Wright, temos um comportamento um tanto esquizofrênico: “Primeiro, ignoramos o mal quando ele não nos atinge diretamente; segundo, nos surpreendemos quando o mal nos alcança e, terceiro, reagimos de forma imatura e perigosa”.

Talvez o maior desafio é o modo como enfrentamos o mal, como celebrar a bondade do Criador e, ao mesmo tempo, encarar a realidade. Não é possível amenizá-lo, “dizendo que o mundo não é a boa criação de Deus, ou que o mal não é tão ruim quanto dizem”. Os Evangelhos nos contam a história na qual “a linha entre o bem e mal não separa Jesus e seus amigos do resto do mundo, nem os judeus dos gentios”.

Enfim, violência, terrorismo, abuso infantil, “o mal”, é mais do que a soma de pecados individuais. E, mesmo repetindo a oração “livra-nos do mal” insistentemente, não sabemos exatamente como isso pode acontecer. É disso que fala O Mal e a Justiça de Deus. Como a Bíblia, Jesus Cristo, a história do Antigo e do Novo Testamentos respondem ao problema do mal? Mais uma vez, N. T. Wright nos apresenta uma explicação profunda e brilhante.
É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 173 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.