Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Cristãos do Nepal voltam a adorar após terremoto



Maili Tamand bateu palmas e cantou junto com o coro quando o remanescente da igreja de seu marido em Kathmandu se reuniu para uma reunião de oração ao meio-dia, uma semana depois de um forte terremoto atingir o “topo do mundo”.

“No tempo de Deus, qualquer coisa pode acontecer” a mãe e mulher de 55 anos disse à revista ‘Christianity Today’ (CT). Tamang perdeu seu marido Maila, sua irmã e três outros membros de sua família quando a igreja “Vision of Salvation” (em português: Visão de Salvação), que alugava salas em um prédio comercial de 4 andares na área de Swayambu na capital do Nepal, desmoronou com 62 fieis presentes. Dezessete membros da igreja pentecostal, onde o marido de Tamang servia como obreiro, morreram, incluindo o pastor Elia Ghale e seu filho.

“Não podemos decidir nosso futuro ou o que acontece conosco”, disse ela, rodeada por paredes caídas. “Mesmo após o mundo, nós estaremos com Deus”.

Tamang estava adorando em uma igreja pentecostal da redondeza quando ocorreu o terremoto.

“Eu estava em uma fila próxima à parede, orando quando o tremor começou. O pastor continuou a orar e, de repente, tudo desmoronou,” ela contou ao CT. “Eu fiquei parcialmente consciente e podia ouvir pessoas gritando. Uma hora depois, eu fui retirada dos escombros. Enquanto eu estive presa, eu soube que Deus me salvaria”.

Simultaneamente, comprometendo-se a espalhar o amor de Deus “apesar do terremoto”, uma pequena igreja evangélica no Nepal completou no sábado sua canção de adoração interrompida pelo desastre natural da última semana nas montanhas do Himalaia.

A primeira contagem da International Mission Board é um dos muitos relatórios de como a minoria dos cristãos do Nepal está se reagrupando após um terremoto de 7,8 graus de magnitude que derrubou muitas igrejas durante seus principais cultos semanais. Notícias da CT em Kathmandu revelam que é difícil fazer um cálculo exato de igrejas destruídas e cristão mortos, já que relatórios podem ser duplicados ou exagerados. Mas é claro que muitos cristãos morreram em suas igrejas em seus encontros cotidianos. (A Aliança Batista Mundial relata que aproximadamente 150 mortes de cristãos foram confirmadas)

Simon Pandey, presidente da Sociedade Nacional de Cristãos do Nepal, disse ao CT em uma entrevista de sua casa em Lalitpur: “Estou recebendo notícias de famílias cristãs inteiras sendo dizimadas em Kathmandu e nos arredores”.

Se o tremor tivesse ocorrido meia hora mais cedo, ele disse, o número de acidentados teria sido muito maior. Muitos hindus também morreram em seus cultos.

“As igrejas evangélicas sofreram terríveis tragédias” disse ao CT Kala Bahadur Rokaya, secretário geral do Conselho Nacional das Igrejas do Nepal. “Levará tempo para contar as mortes entre os cristãos no Nepal. Muitas áreas ainda estão encobertas.” Ele temia que mais notícias ruins ainda chegassem das áreas montanhosas e dos distritos mais remotos como Gorkha, Sindhupalchok, e Nuwakot, onde se encontram várias igrejas evangélicas.

Dos cristãos nepaleses – que contam entre um e três por cento da população do país – os protestantes foram desproporcionalmente afetados pelo desastre, disse ao CT um líder católico.

O terremoto, que matou mais de 6.000* pessoas, danificou dezenas de igrejas dentro e no entorno de Kathmandu, maior cidade do Nepal. Um parceiro da Associação Wycliffe filmou os efeitos do terremoto.

“Os católicos tiveram sorte já que não temos reuniões por volta do meio-dia,”declarou o bispo Paul Simick ao CT, ao observar os restos da igreja Visão de Salvação. (A CBN News também relatou sobre a tragédia).






Nota:

* Os relatórios atuais registram mais de 8.500 mortes.

• Com informações da Christianity Today. Texto: Anto Akkara/Morgan Lee. Publicado em 4 de maio de 2015. Todos os direitos reservados. Tradução: Maisa Haddad.

Legendas das fotos:

1. Líder católico observa destroços de uma igreja pentecostal na capital. Foto: Anto Akkara
2. Pastor Jacob Tamang, da Igreja Vision oh Salvation, ora pelos sobreviventes. Foto: Anto Akkara.
3. Família de Maila Tamang lamenta as perdas. Foto: Anto Akkara
4. Maili Tamang perdeu o marido Maila, sua irmã, e três outros membros da família quando a igreja Vision of Salvation desabou. Foto: Anto Akkara
5. Igreja nepalesa destruída. Foto: Thir K.C.

Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1037 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.