Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Comunidade Luterana em Juiz de Fora comemora 150 anos

Templo Central da igreja Luterana em Juiz de Fora (MG)A Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Juiz de Fora (MG) celebra 150 anos de fundação. De acordo com relatos, os primeiros imigrantes luteranos se estabeleceram na cidade em 12 de junho de 1858, motivados pela proposta de trabalho para os alemães na construção da estrada “União e Indústria”. Na época, o catolicismo era a religião oficial do Brasil e, por esse motivo, os cristãos se reuniam nas casas uns dos outros para orar, ler a Bíblia e louvar a Deus. 
 
A Comunidade nasceu a partir da vivência e do testemunho do evangelho e, hoje, vive, é inspirada e direcionada pela presença de Jesus Cristo. Para celebrar este aniversário, está prevista uma programação especial durante todo o mês de novembro. Dentre os eventos programados, destaque para o culto em ação de graças pelos 150 anos que será realizado no dia 11, às 21:30h., no Templo Central, Rua Dom Pedro II, 46, Mariano Procópio.
 
Estendemos este convite a você para, juntos, contarmos a grandiosidade do nosso Deus ao longo de todo esse tempo e anunciar que Ele ainda continua nos chamando à fé, à esperança e ao amor por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador.
 
Um pouco de história
 
Os trabalhos de organização de uma escola para os colonos alemães começaram em 1861, fato que permitiu aos luteranos visão de grupo. Pouco tempo depois, veio a autorização para utilizar o espaço escolar como local de celebração dos cultos. Com o grupo organizado, a Comunidade de Petrópolis passou a ceder seus ministros para auxiliar nas atividades que os protestantes luteranos realizavam em Juiz de Fora. Um dos pastores que mais auxiliou nessa etapa foi Georg Gottlib Strole, entre 1861 e 1862.
 
Em 30 de junho de 1885, Dom Pedro II assinou um termo, doando aos imigrantes alemães um terreno para construção de um templo e um prédio para a escola. A comunidade também atendia a irmãos na fé que viviam na cidade de Mar de Espanha. Por este motivo, em 16 de abril de 1967 foi inaugurado um templo naquela cidade.
O primeiro templo luterano de Juiz de Fora foi avariado por conta de uma explosão em um paiol de material bélico do exército que ficava próximo ao prédio. Os cultos passaram a ocorrer na Rua Dom Pedro II, no Mariano Procópio. A situação vivida pela Comunidade levou à necessidade de construção de um novo templo. E, em 5 de abril de 1972, o Templo Central foi inaugurado.
 
Edson Munck Jr
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1008 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.