Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Como falar de sofrimento com água pela cintura

Acompanhamos assustados o que acontece em Santa Catarina. Certamente alguns irmãos ali repetem as palavras de Baruque: “O Senhor acrescentou tristeza ao meu sofrimento. Estou exausto de tanto gemer, e não encontro descanso” (Jr 45.3). Ao lado deles, nós que assistimos de longe corremos o risco de ouvir de Deus a pergunta feita logo a seguir ao amigo de Jeremias: “Será que você está querendo ser tratado de modo diferente?” (Jr 45.5).

Sim, somos tentados diariamente por um lugar na primeira classe (Mt 20.20) e até convencidos “teologicamente” dos nossos direitos. O pastor Ricardo Gondim é objetivo: “Eu não suportaria ouvir que o povo catarinense é pecador e merece o castigo divino. [...] Como ficam agora os cultos no rádio e na televisão em Santa Catarina? Os obedientes, os santos, passaram ilesos pela inundação? Uma coisa é fazer teologia de cima de torres de marfim. Explicar o sofrimento contingencial com água na cintura é bem diferente.”

Talvez o Desabafo da edição mais recente da revista Ultimato possa nos ajudar: “O consolo de Deus é estranho [...]. Deus não apenas oferece o lenço para o sofredor enxugar as lágrimas, como também ensina a pessoa a lidar com os problemas da vida”. Parece claro que não temos uma redoma para nos proteger, e é preciso acreditar ainda mais nas palavras do amigo de Baruque: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã” (Lm 3.22-23).



Leia o livro
Para (Melhor) Enfrentar o Sofrimento, Elben César
Lamento -- a fé em meio ao sofrimento e à morte, Nicholas Wolterstorff

Leia o que Ultimato publicou sobre o assunto
Uma sociedade cada vez mais descrente, pluralista, midiática e doente, ed. 315
É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 173 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.