Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Cinco missionários presbiterianos assassinados na China

(PORTAS ABERTAS) Cinco missionários presbiterianos cristãos da América foram assassinados na semana passada na cidade de Lienchow, província de Gansu, na China. 

Nikki Canady, da Faculdade Cristã Central da Bíblia, informou ao serviço de notícias do ministério Voz de Salem que um de seus amigos telefonou e contou sobre o assassinato brutal dos missionários. 

A cidade de Lienchow também é chamada Lanchow. Há rumores de que o governo chinês inicie o exílio de muitos missionários na província de Gansu. 

Nikki Canady pediu para que todos os filhos de Deus e guerreiros de oração intercedam pela segurança continuada dos cristãos e missionários na província de Gansu e em outras regiões da China, para que tenham coragem, fé, corações e mentes abertas a fim de que uma colheita ainda maior de pessoas para Cristo ocorra naquela localidade.

Fonte: www.portasabertas.org.br

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.