Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

A poderosa voz de quem chama

É sobre vocação que queremos falar. O termo teológico pode ter seus sinônimos (chamado, dom, missão, etc), mas é seu significado original (do latim, “vocatio”) que nos ajuda a perceber a riqueza do conceito. Vocação é um chamamento, é uma ação de um outro direcionada a nós. O outro nos vê, nos percebe e, no cenário cheio de variáveis e possibilidades, ele nos dá um objetivo, nos faz olhar para um lugar, um destino, uma direção. A intenção deste outro pode ser nos dar uma missão, uma tarefa (como na Grande Comissão, em Mt 28.19-20), mas também pode ser nos chamar para uma outra condição, um outro estado (como em 1 Co 1.2, quando Paulo nos lembra que somos chamados para ser santos).

Na prática, é a partir das descobertas de vocações, da vivência e do entrelaçamento delas que a Igreja de Cristo move-se, encontra-se, toca, ama, obedece. Não são os eventos, nem as habilidades dos líderes iluminados, nem os planos de marketing institucional que movem a Igreja. É o Espírito Santo chamando cada um dos seus para encontrar-se com o que eles mesmos, de fato, são (ou serão) na caminhada cristã.

O mundo não é um mar de rosas, muito menos um parque de diversões. Por isso, precisamos nos lembrar do conselho de Paulo:

“Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil” (1 Co 15.58).

E não é mesmo. Todo trabalho que realizamos “em nome de Cristo” faz parte de tudo que Deus está fazendo no mundo hoje.

A caminhada da descoberta da vocação é intensa e honesta quando nos dispomos a seguir os passos de Cristo. Passos estes que envolvem renúncia do “eu”, honestidade, realismo e obediência (Mt 16.24).

O Portal Ultimato indica dois eventos que podem nos ajudar nesta caminhada. O primeiro é o EMEP (Encontro Missionário Estudantil e Profissional), que começa neste sábado (14) e vai até terça-feira (17), no Centro Evangélico de Missões, em Viçosa (MG). Trata-se de um tradicional encontro voltado para estudantes e profissionais dispostos a entenderem suas vocações a partir de suas profissões. O EMEP tem uma estrutura simples, mas com gente sábia disponível para ajudar. Ainda dá tempo de se inscrever!

O segundo evento é o Vocare 2015, que será realizado de 18 a 21 de abril, na Unicesumar, em Maringá (PR). O Vocare é um esforço de vários ministérios que trabalham com a juventude, liderados pela AMTB (Associação de Missões Transculturais Brasileiras), desejosos em ajudar adolescentes e jovens ainda confusos quanto às suas vocações. Ultimato faz parte da equipe organizadora, porque acredita que Deus quer nos falar claramente sobre sua vontade em um mundo cada vez mais indefinido.

E você, quer caminhar conosco neste fascinante caminho de descoberta da voz de Deus? Não há outro chamamento mais poderoso (Salmos 29).


Leia também
Eu, um missionário?

Chamado radical
Vocação – perspectivas bíblicas e teológicas

Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1019 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.