Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

À pátria, com carinho

Crédito da foto: Arquivo ABrPara celebrar a Independência do Brasil com conciência cristã, não basta desfilar pelas avenidas com bandeira levantada e discurso altivo. É preciso ter a pátria na mente, no coração e nas mãos. É preciso entender o papel social e espiritual que temos com o nosso lugar e o nosso povo. 

Que tal aproveitar o data festiva e estudar um pouco mais sobre o assunto? O Portal Ultimato faz a sugestão de sete leituras (entre artigos e livros) sobre cidadania, avivamento e responsabilidade social. Leia a seguir.

Artigos, entrevista e revista:

1. Avivamento tupiniquim. Série “Memória histórica”, escrita pelo Pr. Manfred Grellert para a revista Ultimato. Ele traça a relação entre avivamento espiritual e transformação social: parte 1, parte 2, parte 3 e parte 4.

2. A mui santa participação política. O saudoso bispo Robinson Cavalcanti perguntava neste artigo escrito em 2008: “o que fazer com a nossa vida entre a conversão e a morte/arrebatamento?”. E continuava perguntando: “Em 1822, o que faríamos, como cristãos, com a independência: apoio, oposição ou indiferença?”. Eis um bom texto para repensarmos nossa participação na história do país. Leia aqui.

3. Entrevista com Waldo César. A revista Ultimato 305 (março-abril/2007) publicou uma entrevista histórica com o sociólogo e jornalista Waldo Aranha Lenz César, na época com 84 anos. Ele, que era filho e neto de pastores presbiterianos, teve um importante envolvimento com questões sociais e religiosas no Brasil e na América Latina. Por vários anos, Waldo foi secretário executivo do Setor de Responsabilidade Social da Igreja da extinta Confederação Evangélica do Brasil (CEB) e realizou quatro consultas nacionais sobre o tema. Seu testemunho é quase que um documento histórico de uma fase conturbada da sociedade brasileira e da igreja cristã evangélica. Leia aqui.

4. Quem leva a Bíblia a sério obriga-se a levar também a sério a justiça social. Esta frase provocativa foi a manchete da revista Ultimato 289 (julho-agosto/2004). E como não dá para falar de patriotismo sem falar de justiça social, esta edição lembrou as palavras de profetas do Antigo Testamento e de líderes cristãos que não fugiram da tarefa profética de denunciar a injustiça. Leia aqui.

Livros:

5. Religião e política, sim. Igreja e Estado, não. Paul Freston faz uma conversa equilibrada sobre a relação do cristianismo com a política, sobre a ética na sociedade e na igreja. Conheça o livro.

6. A Igreja, o país e o mundo. Como o próximo nome diz, este livro de Robinson Cavalcanti tem o trunfo de relacionar nossa identidade de fé com as dimensões mais amplas da comunidade, do país e do mundo. Livro antigo, mas ainda atual. Como disse o autor, “Deus nos colocou neste país com um propósito: salgá-lo e iluminá-lo, conhecendo-o, amando-o, comprometendo-se e identificando-se com ele”. Conheça o livro.

7. Cosmovisão cristã e transformação: espiritualidade, razão e ordem social. Este livro reuniu oito autores para pensarem o pouco mais fundo sobre as bases para o desenvolvimento de uma nação. Misturando propostas filosóficas, sociólogicas e teológicas, esta publicação é um bom recurso para quem não somente questiona os problemas da sociedade, mas também busca soluções duradouras. Conheça o livro.

Boa leitura!
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1008 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.