Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Você come correndo? Ou se assenta?

"Sentou em grupos de cinquenta e de cem" Marcos 6.40

Sentar para comer é uma proposta inteligente apresentada no contexto da multiplicação dos pães.
Diante de uma vida agitada onde corremos o risco de sair de casa comendo, comer dentro do carro, fazer um lanche rápido, pois não temos muito tempo. A pressão do tempo sobre nossos ombros faz com que vivemos uma vida totalmente na correria, inclusive na hora de nos alimentar.
Como trabalhei por um período em uma instituição financeira, com poucos minutos de pausa para fazer um lanche, na época precisei fazer três endoscopias, pois tinha dores muito forte em meu estomago. Fruto de uma vida agitada, inclusive na hora que deveria sentar e se alimentar com calma.
Jesus ao treinar seu staff estava ensinando até mesmo como devemos nos comportar no momento da refeição.
Explicito o quanto é necessário baixar o nível de ansiedade e neste contexto podemos imaginar o campo cheio de pessoas onde todos deveriam se assentar e esperar aquilo que mais desejavam: Se alimentar.
Outro motivo que nos leva a ficar irritado é no momento em que estamos famintos, outros quando estão com sono. Agora pensa numa galera de mais de cinco mil pessoas, com fome, aguardando as instruções seguintes?
O texto não revela, mas tenho por mim que alguns não aceitaram aquela condição e partiram para arrumar alimento em algum outro lugar.
Agora imagina que eu e você estivéssemos neste episódio e pegamos a senha entre 4901 e 5000, fazendo parte do último grupo de cem pessoas? Pode imaginar o quanto a provisão, cedida pelo garoto, demoraria para chegar em nossas mãos? Será que esperaríamos? Ou sairia da nossa boca uma palavra de reclamação?
Será que algum engraçadinho quando viu as primeiras mesas sendo servido não ficou motivado a mudar de grupo? Pensando, por qual razão eu fiquei neste grupo mais distante?
Vejo neste texto lições preciosas onde tratam de forma efetiva nosso nível de ansiedade.
Podemos entender que se porventura recebemos as últimas senhas, é sinal que deveremos nos sentar e descansar em Deus. Afinal na oração do Pai Nosso teremos a confissão do próprio Cristo que a provisão é diária.
Creio que o garoto tinha esta convicção, pois abriu mão do seu lanche da tarde, afinal um garoto adolescente come cinco pães e dois peixes facilmente. Até alguns adultos ainda fazem isto.
Portanto nas próximas refeições poderemos aplicar estes princípios:
Sentar para comer; comer com calma e não correndo; desfrutar da comunhão com as pessoas que estão em nosso grupo; importância da coletividade;
E não se esquecer que o mesmo Pai que proveu hoje, proverá amanhã, depois de amanhã, pois Ele é capaz de fazê-lo.
E mais uma lição de Bônus: Não desperdiçar a sobra, não jogar fora.

Enoque Caló – Consultor Financeiro
Guarulhos - SP
Textos publicados: 46 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.