Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Teocracia e Corruptocracia

Já ouvi muita gente de igreja defender o envolvimento das igrejas na política partidária alegando que na Bíblia os homens de Deus eram políticos e que Deus aceita e defende a participação de seus servos na política como forma de melhorar os quadros políticos e servir de exemplo para todos os demais políticos. Ouço isto e fico imaginando como o ser humano, quando quer, sempre dá um jeitinho. Torce aqui, entorta lá, puxa acolá e sempre arruma um jeito de enfiar ou de se enfiar na política partidária. 

Todo cidadão pode se envolver na política, independente de sua religião, mas querer fazer disto uma regra, uma necessidade buscando base bíblica para tal é até ridículo. Até hoje, a maioria dos evangélicos que se envolveu na política partidária foram um desastre, uma vergonha para a igreja. Alguns estão presos, outros foram cassados e outros estão atrás de recursos jurídicos para escapar da prisão ou da cassação. Mas todo cidadão pode ser político, desde que tenha um mínimo de condição exigido pela Lei Eleitoral.

Os defensores da política na igreja afirmam que os homens de Deus na Bíblia eram políticos, mas não citam nenhum sacerdote ou mesmo profeta político. E naquele tempo havia a teocracia (governo de Deus), hoje há uma espécie de corruptocracia (governo dos corruptos), com raríssimas exceções. Não podemos comparar os tempos bíblicos com os tempos de hoje. Hoje, muitos pastores entram na política, envolvem a sua igreja na política, dividem a igreja, abrem outra igreja juntamente com outros rebeldes e fazem da igreja um balcão de negócios. Pastor é pastor, político é político. O obreiro de Deus está acima de cor partidária, é um representante de Deus aqui na terra e não um soldado de algum Partido político. Não conheço na Bíblia nenhum profeta ou sacerdote, ou mesmo servidor do templo, levita, que fosse político. E mesmo os reis eram homens sujeitos à vontade de Deus e não capacho que algum líder político, como acontece hoje.

Misturar igreja com política nunca vai dar "ponto", nunca vai dar sabor, nem lucro para nenhuma das partes. Pastor político chega a ser ridículo, afinal o cara é pastor ou é político? Entre a teocracia e a corruptocracia eu fico com a teocracia (governo de Deus). Essa, sim, está na Bíblia, com orientação divina e não com propina. Que Deus tenha misericórdia de sua Igreja! Ou então, a Lava Jato vai cuidar do caso. Prefiro cair nas mãos de Deus a enfrentar Sérgio Moro e os seus Procuradores.

Cícero Alvernaz (aposentado e jornalista). 05-02-2018.
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 411 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.