Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Procura se Homens, Homens que oram - Resgatando a Hombridade

O homem que ora consegue colocar em prática sua hombridade.

"E passou ali aquela noite" Genesis 32.13

Não terceirizar a hombridade.

"E ele mesmo (Jacó) passou à frente" Genesis 33.3

Jacó nos ensina um bom exemplo ao proteger sua família diante dos riscos.
Precisamos entender que não devemos terceirizar a hombridade diante dos perigos.
Qual será nossa postura diante dos riscos que nossa família pode enfrentar?
Num tempo de crise econômica e financeira podemos transferir a solução para nossa esposa, para nossos filhos, não que estes não possam contribuir para o equilíbrio financeiro da nossa casa. Mas, como homens temos que nos posicionar, colocarmos à frente, encarar os perigos numa atitude de proteção sobre nossa família.
Jacó algumas horas antes, estava muito temeroso, pois sabia o risco que estava correndo. Primeiro ele ora, suplica a Deus para que lhe de bom êxito neste retorno.
Usa o patrimônio como uma ferramenta para reatar o relacionamento, divide sua família de uma forma estratégica e se coloca à frente do perigo.
Quantas vezes ao invés de nos colocarmos à frente preferimos usar pessoas como escudo?
Agora o Velho e temeroso Jacó enfrenta seus medos e não foge da sua responsabilidade.
E nós homens, como tem sido nossa postura diante dos riscos financeiros, relacionais, profissionais, ministeriais, ou outros ?
Temos colocado nossas esposas e filhos como escudos?
Que Deus nos encha de coragem para não terceirizar a Hombridade que Ele nos outorgou.
Quando estamos cobertos pelo tempo da oração, da intimidade com nosso Deus, o próprio Deus colocará em nossas mentes a estratégia correta para enfrentarmos os riscos, os perigos existentes em nossa caminhada. Pois eles sempre aparecem.
Interessante ver a sinceridade do coração de Jacó diante de Deus, quando diz: Deus, Estou com medo, estou apavorado, não teve vergonha de falar o estado do seu coração.
Conheço bem Esaú como também sei a marca que deixei no seu coração há vinte anos atrás.
O medo está presente em nossas vidas desde o dia que nosso Pai Adão assumiu o risco de quebrar o relacionamento com o Criador.
Perceba que a resposta de Adão foi: Ouvi seus passos e tive Medo.
O pecado gerou em nós o distanciamento de Deus, os passos de Deus nos assustam, nos faz esconder e tudo isto por conta do medo.
Jacó confessa sua fragilidade diante do Criador e agora um pouco mais aliviado ele prossegue para o reencontro com seu irmão Esaú.
Porém, ter buscado a proteção Divina nãos nos coloca em uma posição de altivez, pois Jacó usa o patrimônio para amenizar o coração do seu irmão, como também numa atitude de honra e humilhação se curva por sete vezes diante de Esaú.
Portanto buscar a proteção Divina não nos coloca em uma condição de superioridade, deveremos continuar na humildade e no respeito pela condição do próximo, ainda mais se este próximo foi vitima no passado de alguma ação desastrosa por nossa parte.
Diante de um grande risco, Jacó passou uma noite inteira orando.
"Se nossa esposa, filhos, ou a pessoas com quem moramos, acordar de madrugada e nos encontrar acordado, onde ela nos verá: De joelhos ou com olhos fitados na TV ou qualquer outro meio eletrônico vendo sei lá o que ?"

#resgatandoahombridade
Guarulhos - SP
Textos publicados: 58 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.