Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Pequenas Passagens, Pequenas Porções

Fala - se muito na palavra resiliência, mas a maior das resiliências passa por não perder de vista a capacidade de chorar, de rir, de abraçar, de dizer (me ajuda), de sentir a cadência da vida, os acordes de um violão, o eco das ondas do mar, o ritmo da paixão, a ternura do encontro, o alento de um cafuné, a lembrança de que somos queridos, o partilhar de afetos, perguntar sobre o por qual motivo, de sentir o silêncio, de andar e descer pelas escadarias da literatura, de se envolver desavergonhadamente com sua amada, de ver a vida sem aquela necessidade de provar, de que não vou errar, de que não vou chatear, de se permitir recomeçar, de deixar os fantasmas irem, de ser criança com os filhos, de ser amigo , com os filhos adolescentes, de perceber que as rasuras, os borrões e os rabiscos podem nos apequenar, por um momento, mas não nos tiram de sermos um alguém, enfim, que tal um beijo gostoso na sua esposa, namorada ou noiva, uma palavra de vida para quem está, aí, ao seu lado, agora, hoje, neste instante, uma excelente sexta feira.

Vou adiante e digo, boa noite, amigo , apesar da semana cheia de tensões e conflitos, ainda assim, decido confiar nos atributos da Graça, às vezes, não é fácil, iniciamos o dia com uma rajada de acusações e queremos pegar o em tudo de graças e apagar do mapa, em meio a isso, descobrimos e descubro que os problemas são conflitos de interesses, olhamos para nossa vida e percebemos e percebo quão vulnerável somos, quão frágeis são nossos arrazoados, quão sujeitos às palavras, enfim, pude notar o quanto a Graça serve para não me fazer perder de vista o outro, a humanidade, uma espiritualidade que não me faz esquecer de que as batidas machucam, deixam manchas e marcas, mas não definem quem sou, mesmo quando isso esteja como um vidro embaçado.

Em meio a essas pequenas passagens, encontramos as pequenas e necessárias porções para não desistir de prosseguir e ir adiante com a vida e sem apagar o outro da lousa, não nos faltam materiais motivacionais sobre como superar as adversidades, são palestras e palestrantes infindáveis, os e as ouvimos, mas depois de alguns minutos tudo se evapora . Talvez, porque queremos encontrar sentido , aqui, nesta vida, sem o outro.

Se eu não lavar seus pés, não poderá ter, estar e ser comigo, as palavras de Jesus demonstra o serviço da acolhida, de nossos caminhos adquirirem a importância do outro e sempre devemos perguntar: onde está meu outro e não quem é meu outro? Então, vocês são nossos outros, encentramo-los, hoje.
São Paulo - SP
Textos publicados: 49 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.