Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Para quem eu vivo?

Mais um ano se finda e com eles ciclos da vida, esse mês eu me formei, depois de quatro anos em uma universidade, vem a conclusão, uma grata satisfação por ter encerrado esse ciclo da vida, mas com a felicidade vem a preocupação, o que farei no próximo ano, sem emprego, já não mais estudando, por um momento vem um desespero, por não saber como será o ano de 2018, sem ter planos certos para ele.

Nesses últimos meses, venho pensando o que sera do ano que vem, o que vou fazer da minha vida, então mesmo com a graduação, finalizando estagio, o temido TCC, e as matérias seculares do semestre, decidi iniciar um curso de teologia, presencial, mas com medo do próximo ano, resolvi tentar um vestibular pra outra graduação, e por que não tentar uma pós graduação? me vi em meio ao caos, acumuladas de coisas da vida terrena, por medo do não planejado, hoje já tive meu TCC aprovado, semestre em teologia aprovado, duas fases de vestibulares feitas, mas veio a decepção da pós graduação, mesmo com todas as aprovações, não ser convocada pelo orientador, noticia que me deixou muito triste, mas que me trouxe a escrever, estou vivendo para mim? ou para Deus?

Para quem está lendo, as vezes é notório que eu esteja preocupada, ansiosa, por estar vivendo pra mim mesma sem confiar em Deus, mas me veio a mente diversas orações feitas, que eu apenas queria passar na pós graduação, se fosse um acréscimo no Reino de Deus, não queria viver pra mim mesma pois saberia que viria decepções, e agora sinto alivio, paz, pois sei que não iria acrescentar nada no Reino, não hoje, quem sabe mais para frente?

Ainda estou com receio, pois ainda tem o resultado do vestibular para sair, e mesmo sabendo que se não passar, terei o curso de teologia, ainda tento agir por si só sem depender de Deus, então Ele vem e age naturalmente, mostrando que Ele tem tudo organizado pro próximo ano, me concebeu uma oportunidade de emprego na área em que formei, algo que nunca imaginaria pela situação atual do Brasil, e me mostrou que essa vida que vivo, não vivo pra mim, Ele comprou, pagou um alto preço por ela, e por que eu ainda quero tomar decisões sozinha? sinto que nos perturba não saber como será nossa vida, mas que findemos esse ano, com consciência que Deus esteve conosco, e estará, trilhando nossos caminhos, e guiando nossos passos, pois de que vale ganhar o mundo e perder a vida?

Queria deixar registrado que tudo que fazemos deve ser voltado para o Reino de Deus, deve ser como forma de expansão do Reino, e deve ser feita com excelência, para mostrar que não fazemos por mérito próprio mas para Honra e Gloria do nome de Deus, que em 2018 eu possamos fazer tudo pra Ele, pois tudo é foi feito por Ele e para Ele.

Louvemos ao Senhor!
Franca - SP
Textos publicados: 11 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.