logo ultimato
  • Seja bem-vindo Visitante!
  • Cadastre-se
  • facebook
  • twitter
  • rss
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Esqueci minha senha

Palavra do leitor

Festa no céu

O Senhor Jesus disse que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende. (Lucas 15.10). Podemos imaginar que há grande festa no céu no momento em que uma alma perdida se encontra com o seu Salvador e se arrepende sinceramente e O aceita incondicionalmente. E como é essa festa no céu? Certamente as nossas palavras não podem descrever a sua beleza e grandiosidade, mas podemos, sim, imaginar.

Sou do tempo em que, sempre no final da mensagem oficial, o pregador fazia um apelo ou convite para alguém que quisesse aceitar a Jesus. E esse versículo era quase sempre citado, enquanto se cantava o hino: "Eu venho como estou..." Era emocionante ver pessoas chorando indo à frente e cairem de joelhos diante do púlpito aceitando a Jesus. Eu ficava orando e torcendo para que mais pessoas viessem à frente. Hoje, isto é raro em nossas igrejas. Parece que, de alguma forma, todos já somos crentes, já aceitamos a Jesus - e, na verdade, tem muitos pregadores que têm vergonha de fazer apelo.

A Igreja de Cristo é a agência do reino de Deus aqui na terra. Ela é a única que tem o direito e o dever de pregar o Evangelho. Não conheço nenhuma outra religião que prega o Evangelho. O que eles fazem são palestras de auto-ajuda, rezas intermináveis, mantras e usam cartilhas, revistas, catecismos e objetos para propagar a sua fé, a sua crença. Eles, em geral, não usam a Bíblia - e quando a usam é para discutir defendendo as suas heresias de porta em porta - e na verdade, não creem na Palavra de Deus, no seu poder transformador. No entanto, Paulo disse que o Evangelho é poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. (Romanos 1. 16).

Pregar o Evangelho é a função da Igreja. Fazer convite para alguém aceitar a Jesus é dever do pregador. Se ninguém aceitar, não é problema nosso. Ficamos em paz com a nossa consciência. É lindo quando vemos um pregador transmitir o mensagem da salvação com ousadia e intrepidêz e depois de forma convicta e apaixonada "lançar a rede" em busca de almas preciosas para o Reino de Deus. Jesus disse: "Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens". (Mateus 4.19). Temos que ter convicção e consciência do que estamos fazendo. Pregar o Evangelho é a sublime missão da Igreja.

"Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende". (Lucas 15. 10). Somos participante dessa alegria, dessa festa. Enquanto festejamos aqui, os anjos festejam lá no céu. Na verdade, a festa é uma só, pois o céu desce e nós subimos num contato maravilhoso participando desse momento indescritível. O Espírito Santo se encarrega de fazer esse milagre, essa doce aproximação. Muitos não entendem e outros até zombam, mas sabemos que é impossível para os homens carnais entenderem e participarem do mundo espiritual. Só quem tem o Espírito e se envolve na Graça é que é capaz de entender e absorver esse encontro fraterno e espiritual. E todos são convidados para participarem dessa festa no céu, através de um convite, simples, direto para aceitar a Jesus entregando a sua vida a Ele. Aceita hoje, amanhã poderá ser tarde!
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 247 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

Opinião do leitor

comentar
Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.