logo ultimato
  • Seja bem-vindo Visitante!
  • Cadastre-se
  • facebook
  • twitter
  • rss
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Esqueci minha senha

Palavra do leitor

Feliz Páscoa (segundo a Bíblia)

A palavra Páscoa significa passagem. Na verdade essa passagem nada tem a ver com coelho ou chocolate. A Páscoa tem a ver com a passagem de uma situação de prisão para a liberdade. Não me refiro à prisão de cadeias mas a uma outra pior. 

Será que na nossa vida corrida, alguém se sente preso? Depois de um dia cheio de atividades, na solidão do seu quarto, quando ninguém está olhando, quando se consegue pensar na própria vida e analisar seu coração e seus sentimentos, talvez alguém seja humilde e sincero o bastante para assumir algumas questões pessoais que entristecem o íntimo do seu ser, tais como:

- Quero sempre falar a verdade e não consigo. Quero ser honesto, mas tenho medo de ser chamado de "trouxa". Quero saber chorar quando estiver triste, mas tenho medo de ser visto como fraco. Quero ser humilde, pedir perdão e voltar atrás, mas tenho vergonha e medo de perder a minha autoridade. Quero ter a liberdade de ser eu mesmo e nadar contra a correnteza do mundo mas alguém sempre me impede. O que os outros pensam me preocupa muito porque preciso deles. Quero ser amado pelo que eu sou e não pelo que eu tenho. Sou prisioneiro dos outros.

- Quero fazer muitas coisas boas mas em mim não há forças para isso. Sei que preciso e quero perdoar algumas pessoas, principalmente alguns da minha família, mas por algum motivo não consigo. Sei o que devo fazer, mas não faço. E quando alguém me diz - isso não pode- é exatamente o que eu quero fazer. Quero sentir a tão procurada paz, mas a ansiedade insiste em não sair do meu coração. O bem que quero fazer não faço e aquilo que não quero, acabo fazendo. Sou como o viciado: sei que aquilo que faço, faz mal ao meu corpo e a minha mente, mas não quero parar. Sei que, com os meus atos, estou machucando outros e me matando aos poucos, mas continuo a caminhar para o túmulo. Minha natureza humana me impede de ser como eu gostaria de ser. Meu mal não vem de fora, mas de dentro de mim. Minha fraqueza habita em mim e me impede de fazer o que é bom para mim. Sou fraco e necessitado desde o ventre da minha mãe. Minha tendência natural é para o orgulho e a desobediência. Sou prisioneiro de mim mesmo.

- Assim diz uma voz no meu interior: já perdi muito tempo na vida e cometi erros sérios e tão graves que nem Deus nem eu conseguimos perdoar. Eu me arrependo mas sinto que a minha culpa é grande demais. O meu pecado está sempre diante de mim. Não quero continuar triste. Não quero que a minha tristeza contagie os que convivem comigo. Preciso de perdão e de amor. Não consigo amar nem a mim nem a ninguém como eu desejo. Sou prisioneiro do meu passado.

- O medo da morte e a dúvida sobre o amanhã tomam conta de mim. O vazio me preenche. Queria que a minha vida tivesse um sentido e "valesse a pena". Queria ter um bom motivo para viver. Quero refazer minha vida e ter alegria, mas não tenho mais tempo nem dinheiro para isso. Às vezes, a morte me parece uma boa saída. Sou prisioneiro da minha existência neste mundo.

A Páscoa é a comemoração da passagem que foi aberta por Jesus Cristo. Quando Ele, por amor a mim e a você, sem culpa nenhuma, se entregou e morreu em nosso lugar, a passagem para o perdão e a conseqüente comunhão com Deus, o Criador, foi aberta. É oferecida a todos, desde então, uma nova oportunidade para recomeçar a viver (um novo nascimento). Não importa o que os outros dizem, não importa o quão fraco sou, não importa o tamanho nem a quantidade dos erros do passado. Se houver o arrependimento sincero do coração e a certeza interior de que a dívida pelos erros cometidos foi totalmente paga com o sangue de Jesus, a justiça de Deus, então, tenho o perdão de Deus e a companhia do seu Espírito Santo junto ao meu espírito de agora em diante. Jesus Cristo é a porta e quem passar por Ele receberá perdão e poder para ser livre do medo e do pecado.

Deus criou o coração do homem para ser preenchido somente por Ele mesmo. Só o que pode retirar a culpa, o medo, a tristeza e a ansiedade do coração humano é a fé no único caminho para Deus: Jesus Cristo, como Salvador e Senhor. 

Crendo assim, realmente teremos uma feliz Páscoa.
Recife - PE
Textos publicados: 3 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

Opinião do leitor

comentar
Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.