Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Deus escolhe os que escolhem ser escolhidos

Nós temos o hábito de ler diariamente muitas páginas, não somente as ligadas à CCB, mas também as escritas por irmãos de outras denominações, assim como acompanhamos as publicações de diversos pastores e teólogos de distintas vertentes, obedecendo a máxima bíblica "examinai tudo, retende o bem" (1 Ts 5:21).

E, nestas nossas leituras, algo que encontramos com frequência é o velho debate: "fomos nós que escolhemos a Deus ou foi Deus quem escolheu a nós?". Neste particular, nós apreciamos muito a visão "desteologizadora" que o Caio Fabio D"Araújo Filho possui do evangelho, pois ela dissolve questões teológicas e outras complicações infrutíferas que não influenciam na salvação.

Não defendendo nenhuma teologia específica e rejeitando as discussões clássicas sobre o tema, julgamos ser bem mais coerente com o caráter de Deus a idéia de que "escolhidos são aqueles que escolhem servir a Deus e, em escolhendo a Deus, são escolhidos pelo Pai" (Caio Fábio). Pois, como sabemos, Deus não rejeita a ninguém que O procura (Jo 6:37).

Quando Deus diz: "terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer" (Ex 33:19), isto fala sobre um Deus cuja misericórdia vai muito além até do que se espera que Ele tenha (e não menos, de maneira "seletiva"). Fala de uma Graça não apenas abundante, mas superabundante em meio ao pecado (1 Tm 1:14; Rm 5:20).

Se procurássemos compreender o caráter de Deus, por certo compreenderíamos melhor as Escrituras e não desperdiçaríamos as nossas energias em contendas inúteis acerca de palavras (Tt 3:9). Mais vale tentarmos compreender o "espírito" das escrituras do que colecionar citações bíblicas para embasar nossas próprias impressões pessoais acerca delas.

Por não agirem assim é que os antigos judeus guardavam literalmente a Lei, mas jamais chegaram a entender para que servia a Lei. Felizmente, Jesus veio e nos ensinou a olhar para onde as escrituras estão apontando, e não a olhar fixamente para as escrituras em si.

Bendito seja Deus, que em seu infinito amor escolheu a tantos quantos escolheram ser escolhidos por Ele.
Palhoça - SC
Textos publicados: 16 [ver]
Site: http://www.facebook.com/PageLuzAosMeusPes

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.