Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Desabafo de um pai e pastor de adolescentes!

Sei que a tarefa de lidar com adolescentes não é uma missão tão fácil, nem para pastores nem para os pais. Mas também sei, que esta é uma das ricas oportunidade que nosso Criador nos concede, a de nos aproximar e caminhar com a fase eufórica da vida, a fase das dúvidas, medos, anseios, ânimos e desânimos, sorrisos e lágrimas, aquela fase que facilmente se apaixona e repentinamente se desapaixona, que em alguns dias são os mais comportados e responsáveis, mas que rapidamente vacilam quanto a nossa confiança. Sim! Isso resumidamente é um adolescente, cheios de paixão pela vida e acometidos pelas pressões e dúvidas do coração.

O que mais me preocupa não são verdadeiramente os adolescentes e sua vulnerabilidade, mas seus pais e a falta de estabilidade.
O que mais me preocupa não é a inconstância da adolescência, mas sim a falta de perseverança de seus pais.
O que mais me preocupa não são as descobertas da adolescência, mas a falta de cobertura e amparo daqueles que deveriam como pais os aconselhar.
O que mais me preocupa não é ter que preparar-me para falar o evangelho a seus corações, mas observar pais que terceirizaram a espiritualidade de seus filhos.
O que mais me preocupa não é o desânimo da adolescência, mas a apatia de seus pais.
O que mais me preocupa não é ver adolescentes com preguiça, mas conhecer pais que não se movem de sua zona de conforto para animar seus filhos.
O que mais me preocupa não é organizar uma agenda para crescimento e desenvolvimento espiritual na adolescência, mas saber que essa agenda não faz parte da prioridade de seus pais.
O que mais me preocupa não é saber que o adolescente não está disposto a ir ao culto, é saber que os pais aproveitam o desanimo dos filhos para mergulhar na anemia espiritual.
E o que mais me preocupa é saber que muitos adolescentes que antes animados, foram desanimados pelos seus pais.
O que mais me preocupa é saber que nos procuram para chorar, porque não encontram um ombro amigo em seu lar.
O que mais me preocupa é vê-los tão animados para sua jornada cristã e não receberem por isso um incentivo, apenas ouvirem "Você ainda é muito novo e imaturo".

Que Deus nos ajude!
Sao Carlos - SP
Textos publicados: 10 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.