Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Continuam ouvindo vozes!!!

Outro acontecimento estranho no dia 9: uma jovem de 23 anos, na estação Conceição do Metrô, foi brutalmente empurrada por um cidadão de 35 anos e caiu no vão entre a linha férrea e a plataforma; viu passarem sobre ela 3 vagões, mas sofreu apenas alguns cortes na perna, da queda e não por ter ficado debaixo do trem – fato, o empurrão, incompreendido por ela e testemunhas.

Já li 5 versões sobre o que teria ele, o agressor, alegado para tal procedimento: "não fui eu", "tive um surto", "vingança contra pessoas com quem tenho problemas", "ouvi vozes" e "foi o diabo".

A alegação primeira teve vindo ao seu encontro as alegações quarta e quinta: "não fui eu", velho adágio vetero-testamentário [Éden] e hodierno [Brasília], seguido de "ouvi vozes" e "foi o diabo" – expressões que se completam.

Resta-me citar e crer que foi problema espiritual, qual seja: opressão/possessão maligna, demoníaca; A Palavra de Deus nos afirma que "ESTE MUNDO INTEIRO JAZ NO MALIGNO" (1 Jo. 5 19) e o Senhor Jesus afirmou que "o ladrão [diabo] vem só para matar, roubar e destruir" (Jo; 10 10).

O crime referido em artigo anterior, segundo alegou o pai da criança morta por ele [jogada pela janela], foi perpetrado por uma "3ª pessoa" que só ele viu, ninguém mais; continuo a defender a tese que essa 3ª pessoa [invisível aos demais] era um demônio nele incorporado. Sim, porque é praticamente impossível que um pai chegue àquele requinte de perversidade contra a própria filha.

Voltando ao caso atual, o homem disse à polícia que "o diabo mandou!", o que vem ao encontro de minha tese de opressão/possessão demoníaca, pois eu já pensava nessa possibilidade quando ele alegou que "ouviu vozes!"

Já disse eu, em outros episódios, que uma pessoa humana, por pior que seja, não procede violentamente contra outra [só] por maldade/natureza humana; é preciso uma dose gigante de maldade para que alguém aja assim, principalmente contra estranhos que nada lhe fizeram; fico com a tese da possessão demoníaca.

O livro "Nos Bastidores dos Espíritos", do Pr. Caio Fábio, conta a história do primeiro sucessor do "Zé Arigó", médium que, supostamente, recebia o espírito do cirurgião, Dr. Fritz, e operava espiritualmente.

Convertido ao Senhor Jesus, ele contou sua triste história e afirmou que o que acontecia era "engano", pois o espírito que se apoderava do seu corpo não era o Dr. Fritz, mas sim um espírito maligno [demônio].

Temos que crer que ele tem razão tendo em vista que, biblicamente, os mortos não voltam [nem falam com os vivos], os mortos não se comunicam entre si [os do inferno com os do Céu].

É, portanto, procedente a informação de que são espíritos malignos que agem assim para desviar as pessoas do verdadeiro e único Caminho que é o Senhor Jesus, o qual disse claramente: "Eu sou o caminho, a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim" (Jo. 14 6).

Na semana passada, a mídia anunciou que, em alguns imóveis antigos na Cinelândia, RJ [Teatro Municipal, e outros] estão "ouvindo vozes" e vendo "fantasmas" como a esposa de D. Pedro II, trajada com as suas vestes monárquicas; não são os espíritos de falecidos que estão se manifestando, mas, como já dito acima, são demônios travestidos de seres humanos já falecidos.

É um dever nosso, somos Atalaias, alertar aos que seguem o "engano" deixando-se levar pela facilidade das benesses [caridade], da saudade minimizada ao, supostamente, poderem falar com os familiares falecidos.

A Palavra Profética de Deus é firme e não quer que deixemos o próximo no engano:

"Quando eu disser ao ímpio que é certo que ele morrerá, e você não falar para dissuadi-lo dos seus caminhos, aquele ímpio morrerá por sua iniquidade, mas eu considerarei você responsável pela morte dele. Entretanto, se você de fato advertir o ímpio para que se desvie dos seus caminhos e ele não se desviar, ele morrerá por sua iniquidade, e você estará livre da sua responsabilidade" (Ez. 33 8-NVI).

Deus nem sempre é ouvido, nem é atendido, nem é alvo da atenção das pessoas preocupadas, ansiosas por outras vozes, outras crenças, outros "cultos".

Diz a Palavra de Deus: "Aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo" (Hb. 9 27).

"E, além de tudo, está posto um grande abismo entre nós [céu] e vós [inferno], de sorte que os que querem passar daqui para vós outros não podem, nem os de lá passar para nós" (Lc. 16 26).

Confiram na Bíblia; façam como os cristãos de Bereia, que checavam na Escritura TUDO o que Paulo lhes ensinava (At. 17 11) e, por isso, foram considerados mais NOBRES.

Meu pastor disse hoje (14): "O diabo é o engenheiro da maldade; ele arquiteta tudo de ruim que nos ocorre." CONCORDO.

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 507 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.